2007/05/09

Tertúlias blogosféricas

Vamos lá a ver se consigo descalçar o par de botas que me ofereceram e que eu aceitei de bom grado.
Os amigos “ideiaseideais” e “zé lérias” tiveram a amabilidade de me nomear como um dos blogues da sua predilecção, nos termos duma corrente de simpatia que circula pela blogosfera.
Estou-lhes muito agradecido mas colocaram-me um problema que, muito sinceramente, desde já me manifesto impotente para solucionar. Como é que eu vou continuar essa corrente nomeando um número reduzido de blogues da minha preferência? Como, meus amigos? Li as vossas reflexões e tentativas de justificação do critério adoptado para fazerem a vossa escolha. Mas desculpem que vos diga, devem-se ter visto em palpos-de-aranha para decidir. É que eu estou nessa situação, precisamente. Mas não sou dotado o suficiente para conseguir seriar três dos blogues meus amigos, aqueles que, instintivamente, ao longo deste quase ano e meio, passaram a fazer parte da tertúlia em que eu me sinto perfeitamente integrado.
Digamos que estou como que a olhar para este belo espécimen de cacto. Reparem na beleza das suas flores. Um espectáculo de cor, design, beleza. Pura luz e poesia. Mas saibam que, hoje de manhãzinha, para tirar esta foto, tive que lhe mexer para o colocar de feição para a máquina fotográfica. Apesar de ter tomado as minhas precauções, piquei-me…
Não queria ser desmancha-prazeres mas não consigo dar continuidade a esta cadeia. A não ser que me fosse permitido nomear todos os membros da minha tertúlia o que, manifestamente, não é do “regulamento”.
De qualquer modo muito obrigado pelas vossas nomeações. Desculpem esta indecisão. Decerto que me vão compreender!
Com um abraço do tamanho do Mundo!

* "dispersamente" em destaque no TAL&QUAL de 11 de Maio

Posted by Picasa

6 comentários:

ilhas disse...

Compreendo e aceito a tua posição! abraços

bettips disse...

Que lindo e que lindo, o que dizes e eu tão bem entendo, e a flor do cacto. Dizem que só dura um dia... que tal depois dares notícia? Por acaso...tenho uma flor igualzinha - acho - que tirei com o mesmo sentimento que tu. E claro, também me piquei, contente! Obg pelas palavras, temo-nos visto por aí, não é?

al cardoso disse...

Desculpe la, mas creio que a picadela valeu a pena, para nos poder presentear com essa excelente fotografia.
Quanto ao tema, tambem comeco a ficar confundido, como conseguimos nestas lides "bloguisticas" angariar tantos amigos, acabamos por ficar sem saber o que fazer para seguir-mos estas correntes!

Um abraco de amizade do d'Algodres.

Teresa Durães disse...

olá

passei para conhecer o blog. Estas correntes... :)

boa tarde

Ana Ramon disse...

Tive o mesmo problema e tal como tu, também fui incapaz de escolher só 5 de uma lista enorme de blogs, a maior parte deles muito melhores que o meu. Não sabia como havia de preoceder e resolvi enviar um mail a agradecer a simpática distinção feita por um blog que eu nem sequer sabia da sua existência e que tem posts muitissimo interessantes. A blogosfera tem destas coisas e é sempre um problema escolher como agir sem melindrar ninguém. Um beijinho

asn disse...

Quero agradecer as vossas amáveis palavras que tiveram a gentileza de inscrever nesta área do "dispersamente". Na medida do possível, visito, sempre com renovado prazer, com mais ou menos regularidade, todos os blogues que passam por aqui.
Neste momento, não poso deixar fugir a oportunidade de endereçar as minhas saudações particulares, as mais fraternas, aos meus primos que me descobriram na net, recentemente, e que têm vindo a manifestar do seu contentamento por esta magia, que é encontrarmo-nos, após muitos anos de separação.
Olá Nevitas, Paulo Quintal e outros.
Apareçam sempre que lhes aparecer. Gosto muito de saber que estão activos e disponíveis para mantermos esta forma de convívio (à falta de alfo de mais real).
Beijinhos e abraços.
António Nunes