2007/05/23

Velharias? Requalificação?

Frequento com assiduidade esta zona da cidade de Leiria. Largos do Papa e Cónego Maia, mesmo ali junto à Sé e Jardim Luís de Camões.
Há dias observei esta cena. Desenrolava-se uma operação de retirada de artefactos antigos (pareceram-me) em pedra do interior do edifício, de sempre conhecido pela sua fachada histórica e da palavra gravada em alto relevo e em pedra, "GARAGE".
Nesta data está entaipada para obras. Claro que parte do ajardinamento recente e calçada à portuguesa, uma pequena área diga-se, mesmo assim toda a zona em frente ao prédio, vai ficar inutilizada. Bem se podia ter evitado fazê-la para dias depois ser destruída.
.
Espera-se que aquela fachada seja devidamente conservada, que é um ex-líbris da cidade.
Repare-se (por ampliação da foto do lado esquerdo) na placa toponímica a indicar que estamos no Largo 5 de Outubro de 1910, coisa que muita gente desconhecerá, visto que aquele Largo é conhecido popularmente por Largo Papa Paulo VI. As estremas deste Largo têm uma história interessante: a) vai da Praça Goa, Damão e Diu (onde está hoje a fonte luminosa no meio dum grande e soalheiro empedrado, qual rink de patinagem) à Av. Heróis de Angola; b) No séc. XV era designado por Rossio Novo e, mais tarde, na Planta da Cidade de 1809, é referenciado simplesmente como Rossio; c) De 1877 a 1910 foi designado oficialmente por Campo D. Luís I; d) Assumiu a toponímia actual em 10 de Outubro de 1910, por deliberação camarária.(*)Mais uma temporada de reboliço na zona do Rossio de Leiria.
Posted by Picasa
(*) Pode consultar-se "Toponímia de Leiria e um pouco da sua história", edição da Junta de Freguesia de Leiria - 2005, de Alda Sales Machado Gonçalves.

2 comentários:

vero disse...

Olá meu amigo,
passei para te deixar um beijo de boa noite! ***

asn disse...

Amanhã vou passar pela "boa leitura". Aliás, passo ali na ponte Sá Carneiro, todos os dias. A ver se a minha distracção não me distrai, como tantas vezes me faz.
beijinho, poeta
antonio