2007/09/07

Desfiando a miada histórica de Leiria



Começando por uma árvore, um simples Abacateiro de Leiria (v. post anterior), plantado na encosta SW do morro do Castelo de Leiria e subsequentes fortificações, eis que acabei por fazer uma cobertura fotográfica da cronologia da história das instalações públicas, edifícios e terrenos anexos, onde actualmente se encontra o comando da PSP desta cidade.
Como se pode aquilatar pela observação dos brasões acima (convém ampliar clicando), estas instalações começaram por ser o Paço Episcopal, passando por servir de aquartelamento do RAL4 (actualmente na freguesia da Barreira) e acabando, nos tempos que correm por proporcionar a instalação do Comando da PSP de Leiria.
A última fotografia permite visualizar parte do jardim sobranceiro à Sé, que há-de ter sido extremamente agradável, com um lago, algumas árvores, incluindo de fruto, relva e um excepcional miradouro sobre a cidade. A vista panorâmica e a calma do lugar é fora do comum.
Uma jornada que não vou esquecer e que aqui ficará resumida, que a maior parte das pessoas não conhece este local paradisíaco e a sua história.
Posted by Picasa

5 comentários:

Pandora disse...

Querido amigo, estás a ficar um verdadeiro historiador.
Amanhã dia 9 não quererás por acaso subir um bocadinho no mapa , e ir até Coimbra?
Beijos.

as-nunes disse...

"Irei estar na Feira de Artesanato Urbano - Coimbra, a realizar no dia 9 de Setembro de 2007, no Parque Dr. Manuel Braga"
-
Pois não vou poder estar presente, Pandora, mas estarei contigo em espírito, para que a esposição corra muito bem.
Tenho uma irmã, mais nova que eu 16 anos, professora na Universidade de Coimbra - Letras. Ainda lhe vou enviar um e-mail. Era óptimo que ela aparecesse e me mandasse umas fotos. Fazia-te essa surpresa.
Bj
antonio

Tozé Franco disse...

Já tive o prazer de percorrer essas ruas a pé. Agora recordo algumas das coisas que então vi.
Um abraço.

arte por um canudo 2 disse...

Aos poucos se vai recompondo a historia da cidade.Esses abacateiros fizeram com visses um pouco mais da história.Sempre na procura António? Um abraço

Vieira Calado disse...

Retenho essas belas imagens de pedras antigas.
Tanto que eu gosto de arqueologia e história!
Obrigado.