2007/10/20

3 Oliveiras - 1 fábrica

Não podia ficar indiferente. Estas três oliveiras(*), centenárias com toda a certeza, foram preservadas, apesar de se situarem precisamente na entrada duma fábrica, em Alcaidaria - Milagres - Leiria. As instalações da fábrica são grandes, pode-se dizê-lo. Noutras circunstâncias - bem do nosso descontentamento - estas oliveiras já estariam transformadas em cinza há muito tempo.
Ainda há quem olhe e veja também a natureza, que não só o dinheiro! Terá sido imposição de alguma entidade pública?!...
Não percamos a esperança!
(*) Olea europaea L Oliveira
Árvore até 15 m, de grande longevidade, com copa larga e tronco grosso, frequentemente muito curto e nodoso, por vezes dividindo-se em vários troncos ou com rebentos, e por vezes com numerosas cavidades no tronco e ramos principais.
(Painel de azulejos na fachada da casa onde viveu Afonso Lopes Vieira(a)(**) no lugar de Cortes - Leiria. Neste lugar, histórico e centro de irradiação de cultura, podemos visitar, entre outros, a Casa da Nora, a Casa-Museu-Biblioteca João/Mário Soares, o sítio idílico do nascimento do rio Lis, Noras antigas, a sua Igreja dedicada a N. Sra. da Gaiola (com uma história cheia de fervor religioso e de encantamento, come-se e bebe-se muito bem, etc.)).(**) (a)link
..
.


(clic para ampliar)Posted by Picasa

12 comentários:

arte por um canudo 2 disse...

Nem todas são só pelo dinheiro. Existem empresas que olham o ambiente como ele der ser olhado. Ainda bem..Bom fim de semana

Bichodeconta disse...

Quer isto dizer que há empresas que sehuem pelo bom caminho, seria tão bom que se multiplicassem os que pessam assim.. Estão as tres e parece que não se sentem nem um pouco marginalizadas.. Bem haja a quem permite que elas sejam perservadas , e a quem fez esta magnifica foto e a partilhou connosco..O desejo de um bom fim de semana envolto num abraço.

as-nunes disse...

Mas que grande surpresa!
Mal acabo o post e eis que dois bons amigos me deixam aqui estes magníficos comentários!
De facto, como é que se pode ficar indiferente a uma situação destas?
De tão fantástica face ao que vemos por aí, logo ao lançar o nosso plhar, é incrível como é que ainda ninguém se lembrou de colocar naquele colcocar uma placa alusiva.
Na sua ausência vou colocar uma outra foto, que aqui tenho, tirada recentemente ali mesmo em baixo, nas Cortes.
Um bom fim-se-semana para os dois, o Agostinho e a ELL.
Beijinho e um grande abraço
António

Tibéu disse...

Adorei ver o texto e conheço o local, parabens por este belo trabalho. Ainda assim eu acho que em Leiria temos muitas árvores mesmo espalhadas na cidade, o que é na verdade uma maravilho. Que bom terem persevado essas três oliveiras. Bom fim de semana um bj

soletrar disse...

Ainda bem que há gente que gosta muito das árvores, mesmo que lhe estejam a ocupar espaço.
Eu conheço um bocadinho de Leiria mas não conheço os lugares que estão nas tuas fotos.
Leiria tem mais árvotres que dentro da minha terra, embora à sua volta existam muitos pinheiros.
Bom fim de semana para os teus netos (tens dois não é?), teus amigos e outros da famíla e também para ti com um abraço.

C. disse...

Aqui revejo a minha aldeia de Cortes, ainda que um pouquinho triste pelo aparente abandono dos lugares mais característicos como a casa onde viveu Afonso Lopes Vieira.
Já assistiu à Procissão da Srª da Gaiola que ocorre no primeiro fim-de-semana de Maio? Todos os anos faço a minha "Romaria" desde Matosinhos para participar neste evento em nome do meu avô, Mordomo todos os anos ainda que os seus 87 anos já lhe pesem um pouco. A não perder :)

Bem haja pelo seugesto de divulgação e pelo seu olhar atento.

Crítica e denúncia disse...

Olá amigo Nunes, vim ver o teu cantinho que por sinal é muito simpático e mostra amim mais um pouquinho deste Portugal que eu amor sem conhecer. Venho também pedir a ti a escolha do voto paara o trabalho do quel tu fazes parte. Como temos pressa de escolher o nome, peço que lhe a lista apresentada no meu blog e diga sua escolha. Com grande abraço de Alda

Vieira Calado disse...

Felizmente que ainda há quem tenha sensibilidade.
Mas, pelos vistos, são poucos.
Bom resto de Domingo.

Pandora disse...

Oliveiras....
Estas maravilhas são quase eternas, desde que o homem deixe.
Ainda bem que alguem nesse lugar ama a Natureza.
Beijos e uma boa semana.

david santos disse...

Olá, as-Nunes!
Primeiro, quero felicitá-lo por andar por cá.
Segundo, dizer que a sua postagem dá-nos uma boa imagem de alguns empresários. Fico muito contente por ainda haver pessoas, embora empresários, pois o lucro é a primeira opção para qualquer empresa, ainda terem sensibilidade para o meio ambiente e respeitadores da Natureza.
Um grande abraço e até sempre.

David Santos

Crítica e denúncia disse...

Amino Nunes, muito feliz venho participar a você que seu blog e você são membros fundadores do projeto S.O.S Miséria. Façamos uma corrente dandos as mãos e colocando todo o nosso carinho neste trabalho. Parabens ! Preciso urgente do teu email. Com beijinho de Alda.

Vladimir disse...

Enquanto esperava no restaurante o pensamento do Vladimir da Lapa voou, veja até onde….azeite uma verdadeira riqueza....