2008/05/15

Loteamento de zona verde

Ampliando-se a foto, podem observar-se em melhores condições, diversos aspectos de pormenor duma vista panorâmica da cidade de Leiria a partir do miradouro junto às instalações das Estradas de Portugal (antiga e saudosa JAE), a meio da subida para o Castelo.
No canto inferior esquerdo destaca-se a rudeza da igreja da Misericórdia (construída sobre os escombros duma antiga sinagoga) e na parte superior uma das zonas verdes mais típicas e históricas da cidade, constituída pela área abrangida pela chamada Villa Portela, que tem sido objecto de imensas polémicas entre os proprietários e a Câmara Municipal, desde há mais de um século.
Verdade seja dita que se não fossem os proprietários, há muito que esta zona verde tinha sido transformada em arruamentos, alargamento da Praça do Município e até já lá teria sido construído um edifício público.
Acontece que o "Jornal de Leiria" de hoje noticia, muito simplesmente, a página 6: "Loteamento da Villa Portela aprovado pela câmara". E acrescenta que esse mítico lugar (até pela sua ligação a uma das maiores e mais distintas famílias desta terra, os "Charters d´Azevedo") vai ser transformado num "loteamento de "alta qualidade"". Este projecto foi aprovado por unanimidade e ficará constituído pelos seguintes equipamentos: 1-Edifícios de habitação; 2- Esplanada-miradouro (virada para a zona menos vistosa da Quinta da Portela); 3-Escadaria ; 4-Parque de estacionamento; 5-Praças.
Pela foto pode ficar-se com uma ideia geral do quão importante pulmão da cidade de Leiria é, de facto, esta zona verde, no seu conjunto. Entretanto, um pormenor, pelo menos, desse projecto, refere, como se fosse mais importante mais um alargamento de ruas que a manutenção integral da zona verde: "Os proprietários vão ainda ceder 1.000 m2 da zona verde da Vila Portela, que não será urbanizada, para permitir alargar a Rua Dr. José Jardim (onde fica situada a sede do PSD local) e a Rua Machado dos Santos."
E assim se vão requalificando (economicamente? esteticamente?) algumas das mais carismáticas zonas verdes de Leiria....
-
Para melhor apreciar a beleza e imponência ambiental da parte desta zona virada para a Praça do Município consulte-se (aqui)
Posted by Picasa

5 comentários:

Laura disse...

Olá rapaz da rosa amarela... Tenho amigos em Leiria mas conheço mal a terra, só passei, pernoitei, demos umas voltas e já mal me lembro. No meu tempo de menina da escola primária, o meu pai levou-nos ali, a mim e ao meu irmão mais velho, para vermos Igrejas o castelo e o que nos ajudasse a entender melhor a História de Portugal e o nosso Rei d. Diniz...
Lembro disso melhor que me lembro da cisade em si... pois era boa a História e escrevia que me fartava sobre os nossos Reis.
Agora disso metade já foi á vida..os anos passaram e o esquecimento foi surgindo.
Beijinhos e té depois..laura..

pedro disse...

António,

Lamentavelmente, a cidade de Leiria é uma das duas únicas capitais de distrito que não conheço (a outra é Santarém).

Mas, mesmo não conhecendo a cidade e apenas pela sua foto, depreende-se do impacto visual (pela postiva) desse espaço verde na malha urbana de Leiria.

O nosso país tem algumas "cordas que o sufocam" e, uma das maiores, é a dependência do financiamento das autarquias a partir da especulação imobiliária. Esta co-dependêndia autarquias-construção civil (à qual se junta muitas vezes outro factor perigoso, ou seja, os "clubes de futebol) é uma das maiores ameaças à qualidade da nossa democracia.

Pondo de parte um certo exagero, estaria disposto a votar num governo que resolvesse esta questão da dependência financeira das câmaras face ao "betão", ainda que esse governo fosse completamente incompetente em todas as outras matérias.

Resta ao povo de Leiria um importante direito: o direito à "indignação" e à saudável "revolta democrática"!

Anónimo disse...

Passei tantas vezes por ai... e ainda passo, não tantas. O meu marido trabalhou no Governo Civil, já lá vão 25 anos. Obrigada pela saudação, para si um bj e votos de bom fim de semana.
Gosto muito de visitar o blog do António

www.tibeu.blogs.sapo.pt

bettips disse...

Impossível de travar: quantos ricos esperam por casa e condomínio? Não percebo este enriquecimento improdutivo e a desertificação betoneira, sacrificando parques e espaços verdes. Ao contrário de tantas cidades, lá fora, em que a qualidade de vida se associa também à natureza, à fruição de espaços de lazer (não spas!).
Abraço indignado
(e já há mais de 10/15 anos que não vou mesmo a Leiria)

Titania disse...

Hi, thank you for your message on my post. I had a look at your pots, very beautiful and interesting. I understand you show craftwork from a special art fair. I love craftwork made by individuals. You live in a fantastic country, I love the traditional style of portugues Houses. I have been to Lisbon and Loule in September 07.