2008/05/30

Que Vida é esta?


(convém clicar na foto para melhor se perceberem os pormenores)
Direita? NÃO, Obrigado!
Esta foto foi tirada hoje, na Rotunda do Estádio, em Leiria, comigo num estado de espírito de revolta e de grande ansiedade...
** As empresas portuguesas a falirem...particularmente as pequenas e médias...
** Os pobres e remediados cada vez mais pobres...
** Estamos reféns dos produtores de petróleo e da pressão da especulação global e financeira, qual mortífera ave de rapina que faz com que os preços subam exponencialmente e criem problemas gravíssimos aos países sem recursos naturais...
** "O governo devia, perante a nova realidade, parar para reflectir, criando dentro de si, um "gabinete de crise" que se debruçasse prioritariamente sobre as questões que mais preocupam os governados, a braços com problemas que não esperavam ter há meses atrás. São problemas novos, que precisam de um novo olhar.
... Sim, porque há uns que não terão que se preocupar por fazerem parte da casta dos privilegiados que esta democracia soube criar." (Jornal de Leiria 29/5/2008- José Ribeiro Vieira).
E os outros, não têm direito a uma vida digna?...
.
E andamos nós, míseros peões deste xadrês global, a preocupar-nos em alterar o contrato de trabalho, o dito "pacote laboral", numa altura destas? Ainda querem mais pretextos para despedimentos?
Tenham juízo e façam mas é o que é preciso para que a riqueza do país seja distribuída com mais equidade...
Posted by Picasa

4 comentários:

Abelha Nota disse...

Povo sereno. É o que nós somos. Serenos ...

Jofre Alves disse...

Meu caro:
Entendo perfeitamente o seu estado de espírito, pois algo de similar varre o País de norte a sul.

É lastimável e inadmissível a forma como estamos paupérrimos com vinte anos de União Europeia, pois todos os dias entraram em Portugal vários camiões carregados de dinheiro.

Mesmo assim ainda estamos na cauda da Europa civilizada, mais pobres, mais miseráveis e sem esperança de melhoras, com a corda na garganta! E ainda falta chegar cá crise dos cereais mais séria de braço dado com a do petróleo.

Fico chocado quando sei – e não posso ignorar – que dois milhões de pessoas vivem na pobreza e outros dois milhões estão à porta da pobreza, para onde podem resvalar. Dois milhões de reformados têm pensões abaixo de 400 euros mês, como é possível viver assim!!!! E assistimos ao assustador empobrecimento da classe média baixa, dos pequenos e médios empresários.

Eu que tenho o cabelo branco de quem já é cinquentenário, temo é pelos meus filhos e pelo futuro deles e destes País. Um País que nada produz e tudo consome. Um País onde os pobres estão cada vez mais pobres e os ricos cada vez mais ricos!

Lá vamos cantado e rindo, mas para o abismo.

Klatuu o embuçado disse...

Quando refere «Direita» quer dizer o PS?? O PSD é, neste momento, mais Esquerda? Não? Sim? Quem é Esquerda neste país? Os mais baralhados da Esquerda? por terem ido como patetas vingativos dar a maioria absoluta a um governo neo-liberal??

Cumprimentos.

as-nunes disse...

Caros amigos
Antes de mais quero confessar que andei muito confuso com esta questão da Direita e da Esquerda. É que os partidos de esquerda quando vão para o Governo (PS) actuam como se de direita fossem ( e será que não é, agora?) enquanto que os de Direita clamam aos sete ventos que há que defender os mais desfavorecidos.
Afina a Esquerda e a Direita têm filosfias diferentes, forçosamente. Na prática baralham-se todos.
Temos que assentar definitivamete em que sistema é que queremos ser governads: Direita ou esquerda? Será possível viver-se segundo os princípios teóricos de Esquerda, puros, tal como mandam as espectivas Declarações dos seus Estatutos? O mesmo se podend dizer relativamente aos de Direita?
Já ns baralharam todos.
...
Esta qesão é muito importante e requer de facto m debate profundo. Mas não é a fazerem a vida negra a pessoas como o Manuel Alegre que se vai lá.
Até mas.
António