2009/12/30

Ano Novo deita fora o Ano Velho!...

Encruzilhada

O Ano de 2009 já vai alto...
O Mundo parece que estilhaça
Vidas em confuso sobressalto
Ano Novo, ergamos a taça?!


Chegada no 31 de Dezembro
Decisiva etapa desta correria
Vida sonhada no vento
Vento que na noite bramia



Ânsias nos tempos que passam
Visões indefinidas no horizonte
Nas asas dum pássaro esvoaçam
Uma pena permanece na ponte.

Dou comigo a sussurrar, para o ar
Quantas dezenas de anos
Já ando, esbaforido, a cavalgar?
Nesta hora, planos, que planos?...

António S. Nunes


8 comentários:

Imagina Que disse...

Feliz Ano Novo

Alda M. Maia disse...

Vale sempre erguer a taça. Portanto, ergo-a à Família Paiva Nunes, a fim de que o 2010 venha com o mínimo de contrariedades - algumas, as inevitáveis, tem de aceitá-las, mas como serão reduzidas, arrumar-se-ão facilmente.
Que a saúde permaneça quietinha, serena e sem quebras.
Que o bom humor nunca falte, sobretudo quando deverá suportar gente estúpida, ignorante, mas com uma empáfia desmedida (esta é a categoria de humanos para quem nunca soube encontrar paciência).
Em conclusão, que o Novo Ano – sempre para a Família Paiva Nunes - seja Óptimo, Sereno e Feliz em tudo o que humanamente for possível.

Um grande abraço
Alda

Maria João disse...

O Plano de continuar, saboreando os dias, guardando as páginas escritas, relendo as que se escreveram. O plano de viver, cuidando do corpo e da alma para que viva mais tempo e a sorrir.
O plano de ensinar aos mais novos, aquilo que faz a diferença para um mundo melhor...

Um beijinho muito grande e votos de um bom 2010

Isa disse...

As palavras são do poeta, o abraço meu. isa.

" Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente.

Para você, desejo o sonho realizado. O amor esperado. A esperança renovada. Para você, desejo todas as cores desta vida. Todas as alegrias que puder sorrir, todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente para repassar o que realmente desejo a você. Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, rumo à sua felicidade!"

Carlos Drumonnd de Andrade

Vera Y. Silva disse...

deitar fora não é boa ideia, pois isso impede de aprender com os erros

arte por um canudo 2 disse...

Belo sentimento, António.
O tempo passa mas interessa é o que melhor recordamos.
DESEJO-TE PARA TI E TUA FAMILIA
FELIZ ANO NOVO!..
PLENO DE REALIZAÇÕES E SUCESSOS PROFISSIONAIS..
Gr. Abraço

as-nunes disse...

Amigos/as

MUITO GRATO PELAS VOSSAS TÃO SIMPÁTICAS PALAVRAS.

Com muita amizade

VOTOS DE UM BOM 2010

António Nunes

ps: hoje é o primeiro dia do resto da minha vida, já lá diz a canção. E eu confirmo...Passei à situação de pensionista da SS por Velhice!
eheh! Cá vou tentando mentalizar-me que estou a ficar velhinho!?????...

Professorinha disse...

Este ano não há planos, há apenas esperança que algo mude... rapidamente...