2010/01/23




Como se pode confirmar, a porta da casa da fotografia, em Leiria, tem o número, chamado o de polícia, 27.
Precisamente neste momento. Está em curso o sorteio dos números do euro-milhões desta semana. Ninguém acertou no primeiro prémio. Um dos números que saíu: 27.


Tenho uma longa e íntima ligação com os algarismos 2 e 7. Quando fui para a tropa foi-me atribuído o nº 27 nos três meses que permaneci na EPAM - Escola Prática de Administração Militar, de Outubro a Dezembro de 1968. Depois de cumprido o serviço militar (EPI de Mafra, EPAM, RI7 em Barreira/Leiria, Batalhão de Engenharia em Nampula - Moçambique) fui viver para o nº 7 do Largo da Sé, em Leiria.
Com a mobilização para Moçambique, a cumprir o serviço militar obrigatório, acabei por passar 27 meses da minha juventude na tropa.


Alguns anos depois mudámo-nos para o nº 27 da Rua C (mais tarde Rua de Roma) da urbanização da Quinta do Bispo em Leiria. Entretanto, aluguei e mantive durante muitos anos, um apartado postal a que me coube o nº 227.


Actualmente vivo no nº 327 na rua que limita as freguesias de Cortes e da Barreira no lugar dos Lourais.


Tenho ouvido com frequência o programa de 1 a 3 minutos de Mafalda Lopes da Costa na Antena 1 a abordar, duma forma muito interessante e creio que competente, a explicação que me parece extremamente rigorosa, da origem dos lugares comuns usados na língua portuguesa.
E fiquei bastante entusiasmado com a ideia de aprofundar este tema. Através de consultas em livrarias, internet (aqui só no site da RDP encontrei referências ao programa que está em curso) e algumas bibliotecas, não tenho conseguido obter pistas rápidas e práticas. No entanto, na "Biblioteca Calouste Gulbenkian - João Soares", sita nas instalações da Fundação Casa-Museu -Mário Soares, no lugar de Cortes - Leiria consegui que me fossem disponibilizados 3 livros que me podem ajudar nesta tarefa que tenciono levar avante. Entre estes livros destaco o "Dicionário de Expressões Populares Portuguesas".


A página 227, última referência, pode ler-se:
"Desalumiar Ter muita amizade a...; gostar muito de... (Serpa) (Pjr)."


Voltarei a este assunto, em breve...
Posted by Picasa

4 comentários:

Tozé Franco disse...

Olá António.
Consegui pensar em 27 motivos para lhe desejar um bom fim de semana.
Um abraço.

as-nunes disse...

Caro amigo Tozé

Grato pela visita neste Sábado já no seu declinar.
Passei o dia a fazer jardinagem e alguma agricultura biológica em alguns recantos do jardim. Veja só que a minha mulher, a Zaida, que nem sequer sabia mexer numa alfaia agrícola, há uns anos atrás, agora é ela que me pressiona a essa tarefa. Mesmo assim só tenho que lhe agradecer. É o meu ginásio...

Um grande abraço

Antônio Lídio Gomes disse...

CARO AMIGO, É COM SATISFAÇÃO QUE VENHO AQUI E PASSEIO CONTIGO POR LUGARES PITORESCOS DE PORTUGAL.
AH... MEU CARO, SINTO UMA CERTA NOSTALGIA, ALGO QUE NÃO SEI DIZER, AO CONTEMPLAR ESSAS PAISAGENS EM TEU BLOG...
É COMO SE ESTIVESSE DE COPRPO E ALMA AÍ...
MEU ABRAÇO FRATERNO, E MEU APREÇO.

deep disse...

Há pouco, dei-me conta, por exemplo que passei a maior parte da minha vida em casas com o número 4, no total três. Também gosto de pensar no significado que os números assumem na nossa vida.

Bom domingo e boa semana. :)