2010/04/27

Barreira - Leiria: Um jardim-horta-capoeira-santuário

Melhor se pode perceber clicando aqui

O 1º ovo, ante-ontem,
duma galinha poedeira,
quem o comeu?
 A Carolina,
3 anos de vida

por aqui vão vagueando
 e cantando os seus trinados
 toda a espécie de passarada
autóctone ou de arribação
Tendo-se clicado no link acima sugerido pode-se fazer a comparação entre o aspecto da horta, nestes dias, com o que era em 13 do mês passado. 
É uma das pequenas grandes emoções da vida aquela que consiste em acompanhar, com todos os sentidos,  as metamorfoses por que vai passando a Mãe Natureza a par do seu eterno companheiro: o Tempo.
Posted by Picasa

3 comentários:

Manuela Freitas disse...

Olá Nunes,
Gostei de ver, tem-se aplicado. Eu considero de facto um trabalho muito compensador e como diz grato or se ir vendo as metamorfoses porque vai passando! Tenho pena de não ter terra, mas já tenho plantado alguma coisa em vasos!
Um abraço,
Manuela

direitinho disse...

Olá amigo Nunes
A tua horta é muito bonita. Corresponde ao carinho que lhe dedicas, pois estas coisas estão cá dentro de nós e quando damos já estamos a colher uma parte.
Também tenho andado atarefado aqui com as minhas coisas.
Sábado quando fui ver as batatas estavam cheias de moléstia e de escaravelhos e os pessegueiros com lepra. As folhas encaracoladas e retorcidas. Não falta nunca que fazer, mas o prazer de colher e saborearmos à mesa não tem comparação. É bom , demais........

greentea disse...

gosto muito deste tipo de actividades!! Ainda este fim de semana passei o tempo na horta e no jardim , para descongestionar a cabeça de outras actividades que pesam cada vez mais !