2010/06/19

JOSÉ SARAMAGO


foto captada do jornal das 8, da TVI, hoje
SARAMAGO
Caim
A história dos homens é a história dos seus desentendimentos com deus, nem ele nos entende a nós, nem nós o entendemos a ele.


na badana da contra-capa de "Caim"
-
Por esta e por muitas outras José Saramago desentendeu-se irremediavelmente com a Igreja Católica. De qualquer modo a reflexão de Saramago sobre a criação do Mundo por Deus é pertinente. 
Será? 
Para nós, os que foram catequizados para seguirmos a palavra de Deus como um dogma que não pode ser questionado, esta questão é muito delicada. Dois mil anos depois de Jesus as dúvidas sobre a origem e o fim das coisas são cada vez mais complexas. A ciência tem vindo a contrariar inapelavelmente muitos dos dogmas de todas as religiões. É também certo que ainda não conseguimos (nem sabemos se o viremos a conseguir) explicar o Universo, nem sequer a Vida do Homem.
Entretanto, em nome de Deus, o Homem tem cometido, ao longo de todos os tempos, as maiores barbaridades...
Afinal. O Homem é um ser dotado de inteligência e o seu pensamento não se pode proibir. Muito menos - nesta incerteza - julgarmo-nos detentores de toda a verdade e seguidores dos dogmas perfeitos que se sobrepõem aos dos outros, nossos semelhantes, mas educados em ambientes religiosos diferentes.
É por tudo isto que, na dúvida, temos a obrigação de pensar e exprimir livremente o nosso pensamento...
Posted by Picasa

12 comentários:

maria teresa disse...

Lamento que ele nunca tenha contestado o Corão. Porque seria?
Ou a Tora...Ou o Budismo...
Um grande homem tem que ser humilde e ele nunca o foi. Virou as costas ao País que o viu nascer. Na actualidade, os prémios Nobel são prémios políticos.
Um Vigílio Ferreira, um Lobo Antunes, um Fernando Pessoa, uma Natália Correia, uma Agustina, uma Lídia Jorge, uma Hélia Correia, onde estão?
Que fique em Paz!

al cardoso disse...

Esta tudo muito bem, mas nao havida necessidade nenhuma chamar nomes a D*us, fosse ateu mas sem tratar de ser o dono da verdade!
Tambem a sua ideia "iberista" nao me convence e creio que a amaioria dos portugueses!
Nao lhe digo "paz a sua alma", porque ele nao acreditava nisso!

Um abraco de amizade dalgodrense.

Alma Inquieta disse...

Olá!

Que posso acrescentar ao que disseram as pessoas que comentaram antes de mim...?
Apenas que assino em baixo e que, não é porque alguém morre que vira um santo...!
E um homem que é Homem é patriota e ele nunca o foi...!

Um beijo e uma excelente semana!

P.S. Já não aguento tanto blog a falar dele...!

as-nunes disse...

Ora aqui estão três posições pertinentes. Na minha modesta opinião. Aliás, reparando-se nas datas dos meus últimos posts eu até tinha a intenção de não me manifestar neste sítio sobre a morte de Saramago. Com tanta gente esclarecida a pronunciar-se nos mais diversos tons até sentia que não vinha acrescentar nada de relevante.
Acabei por o fazer.
E vejam-se as reacções. Por mais voltas que tentemos dar ao tema do posicionamento de Saramago relativamente ao seu estilo literário e ao seu posicionamento perante Deus, voltamos sempre ao princípio do círculo.
Deus é inexplicável.
Julga-se acreditar ou não, ninguém sabe em quê, três pontos...

E começamos a falar na Fé...
Ou a dizer que somos Ateus, graças a Deus!...

Muito obrigado pelos vossos comentários.
Um grande abraço.

carol disse...

Ó Amigo António, desculpe lá, mas eu cá não sou da mesma opinião! Os romances são obras de ficção. Claro que conhecemos muito bem as posições do autor, mas são as suas e há que aceitar. O (vosso) Pai Nosso a certa altura diz: "...perdoai-nos como nós perdoamos as nossas ofensas..." Será que perdoamos? Será que aceitamos?
Quanto à atribuição do Nobel, os prémio são todos muito discutíveis. Poderia ter sido o Lobo Antunes, de facto, Ou o Miguel Torga em devido tempo. Por que não o Fernando Pessoa? Agora dizer que é um prémio político, não! Só os "comunas" é que recebem o prémio? Não!
É muito difícil aceitarmo-nos uns aos outros como realmente somos.

Amigos como dantes, malgré tout?...
Beijinho...

maria teresa disse...

Vou transcrever o que foi escrito por um amigo e que se encontra publicado na Net, quando se busca "Prémios Nobel da Literatura"

"O que será que têm em comum os seguintes escritores?
Christian Matthias Theodor Mommsen; Bjørnstjerne Martinus Bjørnson; Giosuè Carducci; Rudolf Christoph Eucken; Gerhart Johann Robert Hauptmann; Jacinto Benavente; Grazia Deledda; Erik Axel Karlfeldt; Pearl Buck; Saint-John Perse; Giorgos Seferis; Eugenio Montale; Vicente Aleixandre; Derek Walcott; Odysseus Elytis; Elfriede Jelinek; Herta Müller.
Ganharam todos o Prémio Nobel.

E o que unirá estes outros escritores?
Leo Tolstoy; Fernando Pessoa; Jorge Luís Borges; Thomas Mann; Marguerite Duras; James Joyce; Iris Murdoch; Salman Rushdie; Ian McEwan; Jorge Amado; Rafael Alberti; Mario Vargas Llosa; Andrè Malraux; Marcel Proust; Ezra Pound; Vladimir Nabokov; August Strindberg; Henrik Ibsen; Émile Zola; Mark Twain; Anton Chekhov; Eugène Ionesco.
Nenhum deles conseguiu ganhar o Prémio Nobel.

Não seria altura de olharmos com menos veneração para um Prémio que frequentemente tem passado ao lado de grandes escritores e preferido autores que os ventos da história já varreram da memória?"
jmf1957 em 18 de Junho de 2010

Abracinho

Maria João disse...

A.S

E temos o dever de aceitar a existência de outras leituras, outros pensamentos, outras dúvidas e incertezas. Não existem verdades absolutas e mesmo nas questões da fé, ser crente não impede que se reflita na religião, sob os mais variados e, às vezes, muito controversos prismas.
A minha fé não me impediu de ler " Caim" e compreender, o alcance das questões que Saramago coloca... a análise é muito mais profunda que aquilo que à primeira leitura possa parecer.
O olhar de Saramago é um olhar humano para a humanidade e um olhar céptico para as escrituras e as práticas que contradizem as mensagens...

Temos a obrigação de pensar....

Um abraço

Flor disse...

Oi amigo!
Bela polêmica criaste, aliás os que aqui visitam sempre tem algo a acrescentar aos posts...
Então, entrei mesmo para dar os parabéns pelo jogaço de hoje,7X0 não é para qualquer seleçao!
O Brasil "ralou" para ganhar dos norte coreanos, e voces deram um show!
Beijitos

Micael Sousa disse...

Facilmente se tolera uma opinião dissidente sobre muitos assuntos, mas nunca sobre religião, porque será? Porque será que se tenta mistificar e excluir a religião da discussão quando todas as restantes forma de expressão humana são discutíveis?, defendendo que é intangével e inexplicável. Mais imperceptível é a Física Quântica do que qualquer criação humana como a Religião. Eu diria que isto acontece porque as religiões, pelo menos as grandes religiões do livro, pouco comungaram dos ideais democráticos e da liberdade de expressão. Aliás, sempre se opuseram a eles, mas pela força da determinação de alguns, e à custa de sofrimento e vidas Humanas, tiverem de se adaptar à mudança da sociedade rumo à democracia. Basta estudar um pouco de história para constatar isso, exemplos arranjam-se muitos. Na minha opinião foram os Homens que criaram os Deuses e não o contrário

Podemos atribuir o mérito a uma pessoa sem que tenhamos de comungar dos seus ideais, mas tendo em atenção o fruto do seu trabalho e a qualidade e originalidade que lhe é intrínseca. Saramago merece isso.
Era a sua irreverência e predisposição para a crítica que o tornava tão nacional e Português.

Obrigado pela possibilidade de participar nesta discussão.

Manuela Freitas disse...

Olá Nunes,
Saramago fomentou a controvérsia e a mesma subsistiu à sua morte.
Penso que um escritor deve ser livre de escrever sobre o que quer e da forma que quer, essa foi a sua postura, obtendo uma consequente originalidade dentro na literatura portuguesa. Pode-se gostar ou não gostar de Saramago, mas foi e será sempre para mim um grande escritor e merecedor do Prémio Nobel, mesmo que merecer ou não merecer seja sempre subjectivo!...
Um abraço,
Manuela

Helena Teixeira disse...

Olá!
Excelente post e interessante debate. Eu não era nem nunca fui grande apreciadora de Saramago, enquanto pessoa e escritor.Pois,sempre me pareceu nos seus ditos e escritos,nunca gostar do seu País...agora dizem que sim...whatever...Questionou Deus,mas há formas de o fazer.Podia ter questionado também a religião muçulmana e judaïca.Todos os credos devem ser respeitados, mesmo quem não os tem.Qualquer homem desrespeita-os a partir do momento em que os usa como desculpa pelo mal que faz: guerras, terrorismo, etc. Saramago apenas quis ser polémico e seguir a frase "Falem bem ou mal de mim, mas falem". E de facto, falamos :)

Jocas gordas
Lena

P.S.: já viu o vídeo das 12 Aldeias Históricas de POrtugal?
Espreite aqui:
http://aldeiadaminhavida.blogspot.com/2010/06/espreite-as-aldeias-historicas.html

Anónimo disse...

aaa travel reservations http://kqy.in/jokers/jokers-origins london travel pass [url=http://kqy.in/online-casinos/native-americans-bet-future-on-bay-area-casinos]native americans bet future on bay area casinos[/url]
what 2pac rapped about http://kqy.in/gambling-online/education-and-casino-gambling slideout travel trailer pennsylvania new jersey [url=http://kqy.in/blackjack/desk-charger-blackjack-2]disney hotel travel agent discount htm[/url]
travel guide karshi restaurants pakistan http://kqy.in/online-casino/casino-party-ny surinam travel [url=http://kqy.in/baccarat/baccarat-jewelry-france]baccarat jewelry france[/url]
japan avn movie http://kqy.in/jackpot/lucky-couple-hits-second-lottery-jackpot tri world travel [url=http://kqy.in/casino-playing-cards/quarks-playing-cards]bucky country music[/url]
german genealoogy travel http://kqy.in/joker/big-brother-9-joker novak travel service [url=http://kqy.in/jokers/wileys-pub-jokers]wileys pub jokers[/url]
kantner auto rubber http://kqy.in/keno/for-fun-keno-games work for home travel [url=http://kqy.in/slots/best-slots-at-argosy-casino-lawrenceburg-in]auto classifieds nh[/url]