2011/02/21

Leiria: Praça Francisco Rodrigues Lobo e Ateneu Desportivo de Leiria


As instalações do Ateneu Desportivo de Leiria(*) estão de cara lavada. As obras de requalificação no edifício onde funciona a sua sede foram realizadas em tempo reduzido, o que é, nos tempos que correm, uma bênção dos Deuses para o martirizado Centro Histórico de Leiria, que atravessa uma época de obras em simultâneo em vários pontos da cidade, o que está a paralizar completamente o movimento de peões e viaturas e, consequentemente, a asfixiar o débil comércio que poderia revitalizar esta zona nevrálgica e simbólica de Leiria.


Nas fotos pode-se ver:


1- Edifício restaurado, estátua a Francisco Rodrigues Lobo, poeta bucólico e figura de relevo das letras de Leiria. Em primeiro plano, a beleza das ameixoeiras em flor na Praça principal da cidade de Leiria;
2- Plano de pormenor da estátua ao Pastor peregrino evocado na obra poética de Francisco Rodrigues Lobo.

Nota:
(*)Muito me honra ter feito parte dos seus corpos gerentes nos anos 80.
(Copyright ©as-nunes)




Posted by Picasa

4 comentários:

Isabel Soares disse...

As fotos estão lindas. Gosto particularmente da do Ateneu visto através das flores, que já anunciam a Primavera.

Luís Coelho disse...

Parabens pela reportagem.
É tempo de ver coisas arranjadas e de cara lavada que marcam e embelezam a nossa cidade.

A Praça Rodrigues Lobo penso que é o coração da cidade.

carol disse...

Que pena não haver dinheiro para fazer o mesmo com outros prédios tão ou mais bonitos que este. Mas a foto está linda com as amendoeiras já em flor.
Muito bonita a Praça Rodrigues Lobo e o seu castelo altaneiro...

as-nunes disse...

É como diz, Carol.
Que pena não se dispor de capital para investir na requalificação de todo o Centro Histórico!

E já agora, as obras que se estão a fazer por toda a zona histórica, não podiam ser mais faseadas? E muito mais rápidas?
É que as pessoas que ainda resistem nessa área, a trabalhar ou mesmo a habitar, estão sujeitas a toda a espécie de arbitrariedades, durante tempos infinitos. Montam-se estaleiros em frente das casas particulares, tapam-se as entradas das habitações e estabelecimentos, o Largo da Sé parece que foi bombardeado! E que se está à espera de um "Plano Marshall" especial para se repor a sua dignidade!
Então e isso não importa à cidade e ao seu turismo?