2011/03/17

Por PORTUGAL: entendam-se, Passos Coelho e José Sócrates!...

Minhas botas velhas, cardadas...
Palmilharam léguas sem fim
Acabarão penduradas
A ver Portugal assim?
Um choupal tão bonito
Verdes prados floridos
A continuar assim
Já estamos todos...perdidos!


Na Natureza o Sol põe-se
É bonito de se ver
Mas no nosso Portugal
Queremos «Sol» a nascer...

Poemas:
Zaida Paiva Nunes
Posted by Picasa

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Parabéns à D. Zaida pelo poesia.
As botas será melhor ir buscá-las e dar-lhe um jeito no sapateiro.
Quem sabe se não voltarão ao seu trabalho.....?

Entre uns e outros a diferença não será muita porque perderam a vontade de fazer algo de bom pelo seu país.

Os nossos políticos repartem entre si o bolo. O povo ficará de fora.
O povo só conta para o voto e os impostos...............

relogio.de.corda disse...

Temos poetisa!
Sobre a situação deste país, nem sei o que lhe diga... está tudo a ver o que é que isto vai dar: eleições antes do tempo ou a continuação de um país a afundar-se cada vez mais, se bem que, a 1ª opção não irá resolver nada...

Isabel Soares disse...

Também estou a "torcer" para que se entendam e bem depressa, mas temos o Presidente da República zangado com o Primeiro Ministro e isso torna o cenário negro...
Novas eleições nada resolvem, antes pelo contrário: serão mais uns milhões de euros gastos e outro aperto no cinto...

carol disse...

Mais facil será fazer passar um camelo pelo fundo de uma agulha...

as-nunes disse...

O Zé Povinho que pague a factura dos desmandos de todos estes anos de desperdícios e má gestão.

Pelos vistos é o que nos espera, 6 meses em roda livre, é que vai resolver o nosso problema.

Entretanto, rogamos a todos os santinhos que façam uma pausa na tempestade que se está a abater sobre as nossas cabeças!...

Vamos lá a ver se sempre temos Presidente!...