2011/05/30

Tempos de hoje. E de amanhã?


(clic para ampliar)

Tempos...
de mudança?

Que mudança?
Para melhor?!
P´ra pior já basta assim!...

-

"É o momento de não deixar cair José Sócrates," diz Soares


As opiniões discordantes também são muitas.
A minha opinião pessoal, já estou como Pedro Rolo Duarte - ele a justificar o voto no CDS - (que faz aos Sábados, na Antena um, em parceria com João Governe, o programa, de que eu sou um fã habitual, "Hotel Babilónia"), é a de que tenciono optar pelo voto no PS, na expectativa de que a experiência de Sócrates a lidar com estes problemas gravíssimos na área da Dívida Pública e as suas implacáveis repercussões na vida dos portugueses, para além de ter demonstrado à saciedade que tem fibra psicológica forte (absolutamente imprescindível para enfrentar a tormenta que se está a abater sobre Portugal e a Europa em geral), possa ser um trunfo que jogue decisivamente a nosso favor.

Penso que não temos tempo para andar com experiências!...
Ainda que possamos também argumentar que o tirocínio de um novo PM teria como patrono o FMI, o que poderia ser um aspecto a considerar!

@as-nunes
Posted by Picasa

6 comentários:

Isabel Soares disse...

E já somos dois e que venham mais, muitos, muitos mais!

as-nunes disse...

Já tinha jurado a mim próprio que não vinha para o blogue falar mais desta campanha eleitoral, mas não resisti a deixar aqui a minha opinião. Sei que está na moda atacar com sanha José Sócrates.
Também parece evidente que a luta pelo poder, apesar da ocasião não ser a melhor, está mais assanhada que nunca.

Auguro um futuro muito difícil para o próximo Governo. Com ele temos de estar todos nós.

Claro que não vamos estar. As emoções e os problemas reais que vamos viver vão ser de monta, não podemos ter ilusões a esse respeito.

Alda M. Maia disse...

Associo-me ao que disse a Sra. D. Isabel Soares, António. E já somos três.

Um beijinho à Zaida

Manuela Freitas disse...

Caro António,
Na desgraceira do panorama que temos pela frente, para escolher os mandantes do FMI, como disse o Manuel António Pina: eleições para quê?
Com certeza que vou escolher o melhor dos piores!..
Bj,
Manuela

carol disse...

Concordo, Amigo António! Mas olhe que este povo está sempre à espera de um qualquer dom sebastião que saia da penumbra para os vir salvar... Por isso, prepaaremo-nos para o pior!

as-nunes disse...

Pois, assim parece...
Já se vislumbra, no meio do nevoeiro, a silhueta de D. Sebastião..."O DESEJADO?".

Finalmente? Então ainda não tivemos experiências suficientes para perceber que não vamos lá com aventuras?

Mas então vamos passar com uma esponja sobre o que foi a negociata do BPN, do BPP, duns submarinos? Só aqui estão 5.000 Milhões de Euros a juntar ao Déficit!

Mas então este Povo onde está com a cabeça?
Lá teremos que voltar a recordar o Zeca Afonso
Eles comem tudo,
eles comem tudo,
eles comem tudo
e não deixam nada...

Mas então vamos entregar, de mão beijada, este país à Direita ultra-liberal?
PR e Governo e AR e...? Tudo?
E como é que vai ser o equilíbrio da gestão da sociedade, nas actuais circunstâncias, contra um partido como o PS?
É que há um compromisso escrito com o FMI, mas quem o assinou não foi o Povo!...

Consultei as minhas bolinhas e cristal.
Elas não auguram nada de bom para este país!...