2011/05/10

Leiria e Jardim Luís de Camões: Finalmente!

Jardim Luís de Camões, em Leiria, há uns dias atrás. E no princípio do ano, aqui.
Para além do célebre painel azul de que tenho vindo a dar nota, há já longos anos, também é de notar a presença de um outro painel de propaganda política. Inadmissível!
Deixo aqui esta sequência fotográfica só para que fique registado uma mudança com muito significado para o Centro Histórico de Leiria.


Na primeira foto ainda se vê o Painel de dimensões desproporcionadas, que, durante anos e anos esteve a entaipar o Jardim Luís de Camões em Leiria. Um jardim dos mais simbólicos desta cidade encantada mas que tarda a mostrar a sua cara, limpa, desempoeirada, digna de ser visitada!...


Na segunda foto, já lá não se vê o dito painel azul, desenquadrado esteticamente, no centro histórico da cidade de Leiria.
Como é que foi possível mantê-lo tanto tempo naquele sítio?


Inacreditável!...


Só mais um apontamento em jeito de lamento e de requerimento.
Não será possível aumentar o ritmo das obras nas ruas da cidade?
É que andamos nisto há tanto tempo que até já lhe perdi a conta. 
E como o Centro Histórico de Leiria tem sido submetido a tamanha tortura, que quase lhe está a cortar cerce todo o seu comércio, a sua alma, digamos assim!...


Há trabalhos de requalificação que têm de ser feitos. Mas não se podia programar a sua execução de forma a não transformar a cidade num estaleiro permanente?!
@as-nunes 
Posted by Picasa

5 comentários:

carol disse...

Muito bem observado! Aqui em Leiria as obras são sempre como as de Santa Engrácia! Nunca mais terminam. E é um facto que prejudicam ferozmente a vida no centro da cidade. Aquelas obras na Rua Tenente Valadim - Hotel Lis - sei lá quando vão estar prontas! Uma pena. Um desconchavo!

as-nunes disse...

É por todo o lado.
À velocidade do comboio a vapor numa subida da linha do Vouga (a antiga, anos 60) a dar tempo para se descer do comboio em andamento, ir apanhar um cacho de uvas, regressar à carruagem, mais enfarruscado ainda, claro, santa paz, dolentemente, nem sei se não seria melhor essa vida, uh uh uh!...
Qual fmi, fumo, muito... mas que importava?

A moda agora é diferente, andamos para aqui todos atascados em problemas, em confusões, a fazer contas (só com a ajuda do pc, e quando ele falha?!... somos capazes de as fazer de cabeça? eheh).

Mas é, de facto, um desconsolo assistir a estas calmas todas, em prejuízo da cidade, do seu turismo, do seu comércio, do ritmo normal de vida.

E também lá em cima, em Sto. Estêvão!...

Isabel Soares disse...

E já agora na Estrada dos Marinheiros onde já foi posta à prova (sobejamente) a paciência dos moradores. Somos, sem sombra de dúvida, um povo pacífico de brandos costumes.
Hoje aderi, no Facebook, ao grupo que não diz mal do país, por isso: Viva a paciência dos Marrazenses!

as-nunes disse...

Veja lá, Isabel, como são as coisas.

Esse grupo de que fala, dos que são capazes de não dizer mal do país, é de enaltecer. Sou dessa opinião.

Só que deve imaginar os problemas que vão enfrentar. É que o que está na moda é dizer mal, quanto mais melhor, do nosso país, dos nossos políticos, a começar por Sócrates, mas os outros também não perdem pela demora, aliás, já estão a malhar neles, forte e feio.

Viva Portugal e os portugueses.
Ultimamente tenho sido quase enxovalhado porque sou dos que não chamam todos os nomes possíveis e imaginários a Sócrates, num blogue que frequento, que até é um Clube, criado por um amigo seguro.

Claro, se temos motivos para reclamar e chamar a atenção, contem comigo, também.
Pela positiva!

as-nunes disse...

O Blogger está com problemas...

Dizem que em manutenção. Pelo menos o último post desapareceu de circulação. Comentários também. Dizem que vão repor a situação.

Algo lhes está a correr mal? À Google?
Pelo menos não conseguiram ficar com o Skype, que foi para a Microsoft.

Facebook.
Não estou a conseguir entusiasmar-me com este Mundo.
Acho-o demasiado grande!...