2011/08/31

Os botões que já foram rosas...

clique para ampliar
Agora dorme esquecida,
Agora, já não é bela,
Ninguém celebra o seu nome,
Ninguém suspira por ela.


António Feliciano de Castilho


Tirei esta fotografia sentado à secretária em frente do computador, através da vidraça da janela.
Um intervalo ultra-romântico, nada sadio para me motivar ao trabalho que tinha pela frente.
A verdade é que o trabalho dos TOC nesta altura só muito excepcionalmente podem inspirar um poeta!... 
Daqui a 15 dias talvez consiga deixar de confundir poesia com fatalismo tétrico.


A propósito.....Faz de conta que estou no Facebook!............................


Economia - Bastonário dos TOC desiludido por despesa ser ignorada nas medidas orçamentais - RTP Noticias 


publicado
20:3831 agosto '11
......

Enquanto trabalho a fazer contas para pagar impostos ao Estado...


- 12h - 2/9/2011- Ouvi na Antena Um, (em síntese): o Ministro das Finanças descobriu mais um buraco; ao calçar as peúgas, hoje de manhã, reparou que tinham mais um buraco. Logo se pôs a pensar, alto, pausadamente... e concluiu que face a mais este buraco herdado do Governo anterior teria que tomar medidas imediatas e drásticas: a partir de logo à tarde o IVA passa a ser de 25%
.....

02-09-2011 12:08 - Pensamento positivo
Haverá um momento em que o governo vai perceber que a estratégia da depressão não funciona. Insistir que estamos mal mas ainda vamos estar pior no futuro, não é certamente a melhor maneira de animar as pessoas e, sobretudo, de relançar a economia. 
...
Jornal de Negócios - Leonel Moura
@as-nunes
Posted by Picasa

5 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimado Amigo Nunes,
Linda foto, e maravilhoso poema, meus sinceros parabéns.
Abraço amigo

Graça Pires disse...

Muito belo. As rosas voltarão a florir. E há-de fotografá-las de novo.
Beijos.

carol disse...

Toc, Toc, Toc - faz lembrar o poema da Moleirinha do Guerra Junqueiro:

"Pela estrada plana, toc, toc, toc,
Guia o jumentinho uma velhinha errante
Como vão ligeiros, ambos a reboque,
Antes que anoiteça, toc, toc, toc
A velhinha atrás, o jumentinho adiante!..."

O que vai acontecer daqui a 15 dias, António? Vai reformar-se? Oxalá!!!!

Beijinhos

as-nunes disse...

Muito obrigado pelas vossas visitas,

Mar do Poeta

Pois é como julgo já lhe ter dito, caro amigo, Macau é uma referência muito antiga, romântica mesmo, que vem dos tempos dos meus contactos via rádio, bandas de amador, nos 20 metros, mas também nos 15 (21 Mhz mais para cima um pouco), claro, em onda curta.

Um abraço
-
Graça Pires

São rosas, sra. são rosas, brancas, duma alvura infinita, na altura.
Tenho-as à minha frente, sempre que estou à secretária de trabalho,

Beijos
-
Carol

Quem não se lembra desses versos, dos tempos de adolescente, da Escola!...
TOC - Técnico Oficial de Contas, que raio de título profissional, que números a tender para o vermelho que se nos plantam à frente dos olhos, como se não nos quisessem deixar ver mais nada!
Isso é que era bom!...

Beijinho, que o ânimo não nos abandone

António

Evanir disse...

E com grande alegria que venho conhecer seu blog.
Fiquei feliz de ver fotosde Leiria
ai mora uma amiga brasileira a uns 5 anos .
A muito não falo com ela começou a trabalhar e sumiu da internet da saudades mais trabalho é trabalho.
Estou seguindo seu blog convido -lhe a conhecer o meu e seguir o meu também.
Lindo final de semana beijos no coração.
Evanir