2011/09/22

Extrema ocidental da Europa: o Outono à porta...

Vale a pena ver o vídeo em écran panorâmico. As imagens podem parar-se segurando o cursor com o rato.
Informação por defeito.


.....................................................
....................................................PAIXÃO


....................................Folhas caídas
....................................Caídas dos ramos
....................................Folhas caídas
....................................Caídas no chão
....................................Folhas que voam
....................................Folhas que bailam
....................................Num doce bailar
....................................E o vento d´outono
....................................É delas o par
...........................................
....................................E dançam  e dançam
....................................O vento e as folhas
...........................................
....................................Vermelhas  que lindas!
...........................................
....................................Será da estação?
...........................................
....................................Ou estarão coradinhas
....................................De pura paixão?
...........................................
...........................................      Zaida Paiva Nunes
Precisamente há um ano atrás coloquei neste meu blogue o seguinte post:
Outono com Fernando Pessoa
Até é uma vergonha. Este blogue com um cabeçalho a apelar à inspiração de Fernando Pessoa, tão pouco se lhe tem dedicado!... Falta imperdoável!...

@as-nunes

8 comentários:

carol disse...

As árvores já começam a pintar-se de castanho e dourado - é parte bonita do outono.

O nosso, este ano, não vai ter tons castanhos, nem dourados, nem acobreados. Vai ser bem negro...

Enfim: o que é preciso é acordar vivo...

Beijinhos

as-nunes disse...

Cá continuo com a minha inseparável máquina fotográfica.
E as minhas árvores!
A olhar e a fixar ângulos e perspectivas para capturar esses olhares!

O Outono é muito belo! A vida é bela, assim nós não demos cabo dela!

Beijinhos

as-nunes disse...

Catarina

Li um seu comentário que se perdeu porquanto eu ainda estava na fase de edição deste post.
Obrigado. Bom fim de semana, na companhia dessas maravilhosas cores que a Natureza oferece aí no Canadá.

Beijinho

Anónimo disse...

Está difícil publicar umm comentário. Esperemos seja desta vez.
Gostei de ler este lindo poema, Zaida - lindo e com um lindo final
Um beijinho
Alda

Mery disse...

Beijo da Brasil.
Aqui é início da Primavera, mas como no Brasil o clima é muito quente, eu gosto mais do Outono, é mais fresquinho e é lindo.
Comemoremos as novas estações!
É um renovar de esperanças, que assim seja"...
Sou a Mery*, me visita, se puderes, moro no Rio de Janeiro.

Mery disse...

ESTOU SEGUINDO TEU BLOG,
Mery***

as-nunes disse...

Olá Alda

A Zaida agradece a sua simpatia e retribui o grande beijinho,
-
Por mim, agradeço muito o comentário e também lhe envio um beijinho de amizade
António

greentea disse...

A Zaida estav amuito inspirada!!!
è bom depois de tantos anos podermos ainda escrever estes (ou outros) poemas
Um abraço para os dois,