2011/11/08

Chove no Telheiro!



É verdade. Estava no Telheiro, mas não debaixo de telha, estava dentro do carro, mal estacionado, à espera que a Zaida acabasse de fazer um depósito de euros no supermercado.


O Telheiro é uma povoação da freguesia da Barreira - Leiria, a mais povoada, com novas urbanizações, uma das quais, a de Vale de Lobos, está a constituir-se num dos mais atraentes e sofisticados conjuntos habitacionais da zona de Leiria, de cujas janelas viradas para Nascente e para o Vale do rio Lis, se usufrui um panorama majestoso, por enquanto, ainda de alguma floresta, do vale do rio Lis, dos montes da outra margem, onde se empoleiram o Vidigal, mais ao lado direito, as Cortes, subindo depois, por uma estrada ondeante, para a Sra. do Monte e lá vai seguindo aos ziguezagues até Fátima.


:: Segue-se uma resmunguice das minhas, às vezes lá calha!


A quebrar esta sinfonia de cores, está a espreitar, com olhos de lobo mau, o IC36, logo ali ao lado esquerdo de quem continua a olhar para Nascente, um viaduto monstruoso a rasgar implacavelmente a zona florestal de Vale de Lobos, o próprio Vale do Lis, mesmo na sua área de cheias históricas e incontornáveis, é tudo uma questão de meteorologia, e mais além, toda a zona florestal e de encosta que vai até aos Pousos, do outro lado do monte. 
Mais uma via rodoviária, tipo auto-estrada, que vai ter a função de ligar a A1 (Lisboa-Porto) à A8 (Lisboa-Leiria) e à A17 (continuação da A8, até Aveiro). E também à A19 ou ex-IC2.


Ou seja, há que encarreirar os automobilistas para uma de duas Auto-estradas que correm paralelamente ao longo do litoral. Concessionários para sacar o dinheiro das portagens não faltam, assim sobrevivam financeiramente os automobilistas.


Já agora, que estamos em maré de reflectir sobre a melhor maneira de gastarmos os trocados que ainda nos deixam trazer nos bolsos, como é que vai ser com a A19? (aquele lanço de autoestrada, que hoje é o IC2 e que vai servir de trampolim para uma infinidade de manobras). Vai pagar-se portagem, não vai? Ai que já estou a ouvir a resposta!
Passando a enumerá-las:
1- ligação directa para o Shopping do Engº Belmiro;
2- Idem para o Instituto Politécnico de Leiria;
(Vá lá que também vai dar para seguir por Estradas Nacionais para a Marinha Grande e para os Parceiros, sem esquecer a Barosa, claro, até porque lá, às vezes, também é necessário confirmar se chove, eheh)
3- Idem para a A8/A17;
4- Idem para o IC36;
5- Idem para a obra faraónica que é o IC9 (Nazaré - Tomar, passando aqui ao lado do IC36 e das autoestradas já enumeradas);
6- Idem para a Variante Pousos - Rotunda aérea sobre o IC2 (ou A19?), que também leva os automóveis ao colo para a A1;
7- Áreas comerciais e industriais a dar com um pau, aqui à volta de Leiria, mas onde é que está essa indústria, meu Deus?


Como se diz em latim (não somos nós, latinos?! lá se me vem à cabeça o "novo acordo ortográfico!...):
hoc opus hic, labor est
Ou nos mexemos a sério ou todo este investimento em infraestruturas rodoviárias vai servir para quê?


@as-nunes
Posted by Picasa

10 comentários:

Luís Coelho disse...

Olá Nunes
Passei para dizer-te que aqui também choveu e olha que era mesmo fria...
Hoje cheirou-me a Inverno, mas ainda não acendemos a fogueira.
Temos de poupar ... Com os cavacos que temos ... morremos de fome e de frio..........

carol disse...

E que juro oferece esse supermercado?!.....

Eu costumo dizer "Chove na Barosa!" mas nunca "Chove no Telheiro"....

Amigo Luís, desculpe meter-me na conversa, mas meter o(s) cavaco(s) na lareira, parece-me bem!.....

Beijinhos

as-nunes disse...

Luís

Só lamento, no meio disto tudo, é que o Inverno, sorrateiramente, começa a instalar-se é nos nossos receios, a entrelaçar-se e a apertar os nossos anseios de melhores dias.

Cá continuamos a remar, remar, chegaremos a bom porto? Falta muito?
Ou estamos a afastar-nos da costa e nem damos pela deriva?

Um abraço

as-nunes disse...

Carol

Claro, gostei da oportunidades das dicas do comentário. E agradeço.
Até fiz, entretanto, um ligeiro excerto, para falar da Barosa, Até ficava mal esquecer-me da Barosa quando se mostra a chuva.
Se andamos (andávamos) sempre a mandar que fossem ver se já chovia na Barosa!...

Beijinhos
António

MLisboa disse...

Tanta estrada desnecessária onde quase não se circula! Tanta estrada por arranjar e outras por construir em zonas mais interiores deste país onde a ruralidade tem sido sistematicamente ignorada...
Que comam estradas!...
Bjinho, António.
Já agora, sabe que obra será a que andam a fazer junto ao rio, perto da Rotunda Almoinha Grande?

Isabel Soares disse...

Pois também choverá na Barosa... (lol), mas dessa chuva no Telheiro, fora de telha, mas com alguma telha:), resultou mais uma óptima fotografia. Que bom!

E no meio de tanta água, quem não se sente à deriva? Até eu que sou irracionalmente optimista, já passei à expressão "morrer há-de ser pior", que é o meu último recurso auto-convincente (lol)

as-nunes disse...

MLisboa

Aquelas obras na zona da Rotunda da Almoinha Grande estão todas relacionadas com os acessos à A10, digo, IC2, digo, ex-IC2 (já não sei que diga). Porquê mais uma Autoestrada, para nos bifarem mais uns cobres?
Também deram uns toques na estrada para a Estação (que estação?!).

as-nunes disse...

Isabel Soares

Há telha de várias qualidades e feitios.

São muitas as vezes em que ando com a telha. E bem precisado estava de ter menos uns anitos para ir ao telhado de casa fazer lá uma revisão a umas telhas que estão a deixar cair uns pingos de chuva!
:)

MLeiria disse...

Obrigada pela informação, António.
Que raiva!
"E não se pode exterminá-los"???
Abraço
O.

al cardoso disse...

Caro Antonio:

Tem toda a razao e concordo!
Tambem gostei dessa do "deposito de euros num supermercado"!

Um abraco de amizade.