2011/12/09

De crepúsculo em crepúsculo até ao eclipse total da UE?

 Na direcção Ocidente, o snr. Obama a clamar, que o Euro até faz falta...para servir de almofada!...
Ao mesmo tempo, na direcção Leste, a Europa, nas nuvens, declarações e mais declarações, as peças do xadrez a posicionarem-se, os jogadores a fazerem bluff...
Assim vai a União Europeia...em vésperas de Natal de 2011

Mas qual é, afinal, a questão? Dinheiro? Então, mas o BCE não pode imprimir €uros em quantidade suficiente para emprestar a juros decentes aos membros da zona €uro em dificuldades? 
Além do mais, os sócios da UE mais aflitos, já provámos à saciedade que até somos bem comportados, que agora que há regras rígidas (à custa do Zé, do Zé Povinho, nada de confusões) para melhor controlar o Défice Orçamental até seremos capazes de equilibrar as contas públicas.

Tudo o que se passa nestas cimeiras é só folclore, quem é que acredita que se vai deixar cair uma moeda tão bem cotada como o €uro? 
Deixem-se de fitas! Se o BCE não pode servir de Banco para financiar a UE então para que é que queremos o BCE? Para controlar a inflação na zona Euro?! 

Resumindo estas "doutas" reflexões deste blogue (02h00AM):

1- Não se vai decidir nada de concreto;
2- Fica na calha permitir que o FEEF possa substituir o BCE como Banco financiador;
3- Os países pobres da UE passarão a comprometer-se a ser cada vez mais pobres;
4- Mesmo assim, as suas Dívidas Públicas serão pagas a prazos infinitos, mas os juros estarão sempre a contar;
5- Daqui a umas gerações logo se fará o balanço final.

Amanhã, Sexta-Feira, cá estaremos para conferir!...



2 comentários:

as-nunes disse...

Deixei este comentário no blogue dos Clube dos Pensadores:

"Caro JJ

É caso para perguntar:

O que é que a Grã-Bretanha está a fazer na União Europeia?
Para que nos servem os Ingleses na UE? Fica-se (eu fico) com a sensação de que os Ingleses estão a comportar-se como um ponta de lança no jogo dos USA/$ contra os Europeus (As Ilhas Britânicas não têm o espírito Europeu).
Nem é de espantar. Com a guerra surda que se trava entre o Dólar e o Euro, ainda que o Euro só seja tolerado pelos Americanos e a Alta Finança com base no Dólar e respectivo Petro$, este papel de travão dos Ingleses dá muito jeito aos Americanos.
De qualquer modo, mesmo aos Yankies, o colapso do Euro era um grande contratempo, os prejuízos seriam incalculáveis.

Portanto, nada melhor que este papel a que os Ingleses se estão a prestar.

António Nunes"

Lídia Borges disse...

O aspeto material/económico das sociedades ocidentais está a impor-se, de um modo assustador sobre o aspecto humano/político e essa subversão dos valores incomoda-me porque cega...
E quem protege os desprotegidos?
A Esmola não é solução, é uma forma perversa de humilhar aqueles que querem e não podem trabalhar.

Um beijo

L.B.