2011/12/21

Gosto de ti...


Do lado de cá, o Ivo; do lado de lá, a Mia...


Porque gosto de ti...


Gosto de ti, porque és a simpatia
Dos entes raros e idealizados
E porque  tens a invulgar magia
Que conforta os que à Dor são condenados.


Gosto de ti, porque és a luz dum dia
Ameno, sem orgias nem pecados,
Luz que suaviza, acalma e acaricia
Meus dias penumbrentos, macerados!


Gosto de ti, porque há no teu olhar
A doce placidez dum lindo olhar
Onde flutuam pétalas de amor!...


Gosto de ti, porque a tua alma sã
Lembra um canto sublime de Chopin
Que nos transporta a um Mundo Superior!...

(Encontrei este soneto num livro, ed. de 1958, Lourenço Marques
Sombras, poemas por Anunciação Prudente)
@asnunes

9 comentários:

Observador disse...

Excelente!

Um abraço com votos de um feliz Natal.

elvira carvalho disse...

Bonita foto.
Passei para deixar um abraço e os votos de que tenha um Santo Natal e um 2012, tão feliz quanto deseje.
Um abraço e FESTAS FELIZES

Isabel Soares disse...

Mais um espectacular fotografia!

Desejo-lhe e a sua família Feliz Natal e Próspero Ano Novo.

Ou pelo menos que o país tome rumo apetecível.

Um abraço.

Catarina disse...

Olha os dois no namoro! : )
Gostei do poema.
Boas Festas

as-nunes disse...

Obrigado pelas visitas, caríssimos amigos.
Gosto de ti, muito,
Observador
elvira carvalho
Isabel Soares
Catarina

Bom Natal
Abraços
António

Evanir disse...

O Natal é o calor que volta ao coração das pessoas,
a generosidade de compartilhá-la com outros e a esperança de seguir adiante.
Que a paz e a compreensão reinem em nossos corações neste Natal
Com todo carinho te deixando meus votos de Um Feliz Natal para você familia e amigos.
Beijos no coração .

tulipa disse...

Expresso
os votos de um Feliz Natal
e um Ano de 2012
repleto de saude e alegria...


Beijinho.

Adelaide disse...

Que giro, 2 gatinhos tão lindos.

Um Feliz Natal e um Ano Novo muito melhorado.

Abraço
Adelaide

carol disse...

Ainda não tinha visto esta entrada! Linda! Os gatos parece mesmo que estão a namorar à janela e o soneto é um mimo!

Que bela entrada esta!
Beijinhos