2012/04/22

Naquele tempo PPC dizia...



descobri esta obra-prima no conversa avinagrada
  • Não matemos o doente com a cura...
  • Não basta a austeridade e cortar...
  • Nós precisamos de valorizar cada vez mais a palavra...
  • O IVA não é para subir...
  • Eu não quero ser Primeiro-ministro para dar empregos ao PSD...
  • bla bla bla...bla bla bla...
-
Pacheco Pereira que me perdõe esta replicação, mas nem todos vamos ao "abrupto":
-
"temporário", 
"restituição intensa", 
"ajustamento estrutural excepcional"

Todos os dias novas palavras e expressões revelam como Orwell foi um verdadeiro precursor em perceber como o poder usa as palavras para mandar. Entre as novas aquisições da “novilíngua” encontra-se o “temporário” que passou a significar definitivo e o “ajustamento estrutural excepcional”, signé Vitor Gaspar, uma contradição nos seus termos porque se é “estrutural” não pode ser “excepcional”. Outra é a “restituição intensa” dos subsídios de Natal e férias, expressão utilizada pelo Primeiro-ministro. “Intensa” é o quê? Metade, três quartos, nada? Presume-se que signifique que em vez de ser “gradual”, passe a ser pouco “intensa”. Iluda-se quem pense que isto são jogos florais. Bem pelo contrário, são jogos do poder, destinados a não dizer nada, dizendo, ou a dizer tudo, não dizendo.
-
Cá está, há que valorizar a palavra!...
@as-nunes

7 comentários:

Rogério Pereira disse...

Obrigado por me ter citado...

Quanto à valorização da palavra, foi promessa cumprida. Os intelectuais do regime, e a promoção do pensamento único, estão como nunca tiveram

as-nunes disse...

Pode crer que dei um ajuste na sintonia do meu recetor, a frequência de emissão do "conversa avinagrada" já está em memória.

Está em plena forma...

Temos que dar um apertão no orgulho e amor próprio de muitos dos intelectuais que estão a querer passar por entre os pingos da chuva com medo de apanhar alguma constipação.
É tempo de quem tem capacidade intelectual não se acomodar por medo, talvez nalguns casos, por modéstia...
É preciso massa crítica, faz falta para abrir os olhos aos ignorantes e, muito especialmente, para refrear os ímpetos prepotentes e demagogos dos poderosos (ou que pensam que o são).

Anónimo disse...

DISPERSAMENTE...that Ike a drug in COMSTUL - COMIESSE?
You find it STSSE- SESSECTE with MUSSEC?
And DISNEY got the DIBS with DR. ZIBBS?
Because there 's a lot of information now about DISOM & DSDEN and ODISPA- DISATEDA.
And what they say is that MICHAEL EISNER is with the UN and SYN SEA 7?
What is FC PORTO?
What is FOCK ROOM 9?
What is MEHOLE- ANESSUP- NYSSE- NYONDO?
Know what they say?
They say it's with MITT ROMNEY and UTOUTA.
And they say TED TURNER is there on that TOBALSE with RUSH LIMBAUGH and TERESA HEINTZ.
They " SHYPE" - FERSHIPPS?
What is on DEVESSLE with " DEVELE"?
And who is CAPESSIN- RICK'S SETAIN?
And B. E. EARL?
And who is this ZETA called " DR. ZIBBS"?
And is he with JESTOCCO on STSSE?

as-nunes disse...

Fine business, Anónimo!

It seems you are off-side!...

Graça Sampaio disse...

Era bom era que este governo também fosse "temporário". Mas nunca mais desaparecem!

Anónimo disse...

Revendo este best of,fiquei com a ideia de que PPC o consulta diariamente para que não lhe falhe, no comportamento político, qualquer contradição ao que prometeu tão veementemente.Ponto por ponto,cada atitude governamental é o oposto do apregoado na fase da campanha .O que é para eles a palavra dada?Apetece fugir daqui e esquecer que há gentinha desta Kinkas

Luís Coelho disse...

O nosso Primeiro é realmente pior do que imaginámos...
...tantas palavras e promessas para dar realmente no oposto.

Aos nossos políticos actuais ou aos anteriores cabem todas as palavras do post seguinte em itálico azul.