2012/04/20

Pilriteiro em flor...mais uma alvorada da Natureza


É só para vos lembrar 
que eu existo
todos os anos
por esta altura
cá estou
algures por aí
na borda de um caminho
a branquear o tempo
a pavonear estes brincos
alvos brilhantes 
alvoradas da Primavera
desta vez encontraram-me 
na estrada     junto
à casa episcopal
em Leiria, ao seminário.

Sou o pilriteiro!
Não se lembram?!...

@as-nunes

7 comentários:

Luís Coelho disse...

As fotos falam por si mas hoje fez uma bela homenagem ao pilriteiro.
As flores são belas e de grande simplicidade.

Anónimo disse...

Nosso Viseense/Leiriense Por acaso, achei há tempos o seu blog e,ficquei fascinada com as descobertas de pormenores da minha cidade, bem como atração pela Natureza e o gosto pelo pormenor.Sou distraídíssima e cada apontamento seu é uma descoberta para mim,que conheço Leitia há 75 anos e...vi tão pouco!Fiz visitas de estudo ao Castelo.mas o pior era o relatório...
Pois hoje o pilriteiro,tão selvagem e teimoso, fez-me esquecer uma desgraçadas tulipas dos meus vasos,cheias de pulgão e procurar a origem etimológica do nome do belo arbusto .Segundo J.P.Machado será a forma usada de pirliteiro vindo do castelhano e que.segundo Moraes, estará ligado ao radical que significa brilhar.E pronto.Boas forografias...Kinkas

Rui Pascoal disse...

Bonita alvorada!

Isa GT disse...

Li ou ouvi dizer que as folhas e flores do pilriteiro são utilizadas para fins medicinais... que fazem bem ao coração, ajudando a dilatar os vasos sanguínios e melhorando a circulação... mas... como não tenho a certeza... o melhor é confimar com quem saiba... não quero envenenar ninguém lol
Mas que é bonito, ai isso é :)

Bjos

as-nunes disse...

Caros amigos/as

Tenho que me penitenciar (acho que já o faço pela enésima vez) por não ser mais pronto e direto nas respostas aos comentários, sempre tão bem recebidos que eles são.
Diria mesmo que me poderão considerar muito pouco simpático nesta minha maneira de estar na blogosfera. Mas não, aliás até nem seria muito complicado personalizar respostas aos comentários, dado que não sou dos que os têm às carradas, "às paletes" como diria o Herman há uns tempos idos, que agora anda com outras modas.

Ou seja, resumindo, muito obrigado pelos vossos comentários, mas a estrela deste post é, de facto, o pilriteiro, sem dúvida nenhuma.
Gostei da busca da origem etimológica do nome, por arte da Kinkas.
As qualidades medicinais são reconhecidas, sim "Isa GT", se bem que eu ainda não as tenha experimentado.

As flores são duma beleza sem par; e os pomes, quando maduros, são encarnadinhos que é um regalo (a passarada come-os em menos de um fósforo (os melros são os campeões).

Abraços, bom fim de semana, com chuvinha está-se mesmo a ver.
A Natureza agradece.

Graça Sampaio disse...

E lindo como uma noiva!

(Por mim, não precisa de se penitenciar por não dar resposta pronta. Entendo-o perfeitamente: a certa altura não há tempo nem pachorra para dar a volta por todos os blogues outra vez...)

Beijos e bom fim de semana!

BlueShell disse...

Não sabia o nome...mas é lindíddimo.
B
BShell