2012/06/05

Tempo de rosas...

Carolina
Mafalda
Inês
Zaida
Encarnação, Eva, anos e anos de rosas...


ROSAS ENCANTADAS

Rosas de todas as cores
Florescem no meu jardim
Uma dádiva seus odores
Parece que chamam por mim

Não me canso de as olhar
À compita com o jasmim
Presença etérea e singular
Beldades ao pé de mim

Hábitos antigos e atuais
Rosadas, amarelas, carmesim
Como que soltam sinais
Mensagens dirigidas a mim

Rosas, rosas, rosas…

Airosas
Viçosas

Vistosas, sedosas, amorosas  
                                       Olá..Cláudia         


junho 2012

9 comentários:

elvira carvalho disse...

Apesar de lhes reconhecer a beleza e a elegância não é das minhas flores preferidas. Acho-as traiçoeiras, pois não raras vezes vamos em busca do seu poema e ganhamos um espinho. Mas gostei do poema.
Um abraço

Rosa dos Ventos disse...

Belas rosas, com nome e tudo! :-))

Abraço

as-nunes disse...

Olá Cláudia

Estou a lembrar-me particularmente de ti, e a antever umas das rosas mais lindas do meu jardim, aquela que vou fotografar e que a vou mostrar aqui, uma rosa branca, em fundo azul celeste, como a cor dos teus olhos.

Espero que os preparativos para o dia que te vai marcar para o resto da tua vida estejam a correr bem, como espero do fundo do meu coração.

Mil beijinhos meus e da tua tia Zaida

greentea disse...

são lindas as rosas! estive este fim de semana na aldeia na beira e trouxe rosas de todas as cores, as mesmas que a minha sogra plantou e tratou e agora chegou a nossa vez de cuidar ... e que aroma !

as-nunes disse...

Elvira

Os picos das roseiras são traiçoeiros, sem dúvida, mas também os podemos encarar como armas de defesa das mais belas cores que a Natureza nos mostra!

Quanto ao poema, meros ensaios, Elvira, é mais o que sinto do que aquilo que consigo transmitir com as minhas palavras.

Retribuo o abraço, com carinho, aquele que começamos a nutrir instintivamente, pelas pessoas com quem nos vamos cruzando via éter...

as-nunes disse...

Rosa dos Ventos

Olá vizinha, parece-me que a estou a ver aí junto ao Castelo de Ourém, as rosas são mesmo lindas não são? os nomes são mesmo aqueles, é uma nova nomenclatura, daquelas que alguns de nós vão descobrindo e divulgando!

De qualquer modo ainda faltava mostrar muitas mais...
Tenho uma família numerosa e com muitas e bonitas mulheres!

Uma abraço,

as-nunes disse...

greentea

Com que então pela Beira a colher rosas? Beira Alta? Viseu?
Ou Coimbra e as rosinhas de Sta. Isabel, lá para Santa Clara?

Este ano é um rico ano para as rosas, a variedade é imensa, e com os cruzamentos, é um ror de tons que andam por aí. Sempre com picos, mas sempre bonitas!

vieira calado disse...

Eu contento-me com um jacarandá
que floresce em frente da minha janela!

Um forte abraço

Graça Sampaio disse...

Porque será a rosa Zaida é a mais vermelho-vivo?!!!!

Ai o amor! Ai a paixão!....