2012/08/31

O tempo às vezes pára.




Arredores de Leiria ...

Querendo mandar uma carta para este sítio tenha em conta que estamos na Rua do Barro, Andrinos.
Aparentemente ainda se estaria na era do correio a cavalo!
@as-nunes

3 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Quando pára em bom sítio até nem é mau! :-))
Aqui o carteiro nunca toca...

Abraço

Rui Pascoal disse...

Esta semana recebi uma carta, carimbada pelos CTT de Leiria em 30 de Julho de 2102, vinte e oito dias depois...

Era do cavalo? E agora? Era dos burros?!...
:(

as-nunes disse...

;) Olá Rui, olhe as partidas que as gralhas nos podem pregar!

Com que então recebeu uma carta do Futuro?!
Claro que o entendi na perfeição e a verdade é que eu, vivendo embora a 4 km do centro da cidade de Leiria, numa rua/urbanização moderna, sempre em crescimento, chego a receber correspondência com mais de 8 dias de atraso. Parece que só deixam correspondência quando se justifica a viagem do distribuidor/carteiro (acho que ainda se chamam assim, ou então hão-de ser especialistas de distribuição de correspondência).

;)