2012/10/27

Que reforço do poder de compra?!...


Lisboa, 26 out (Lusa) - 

O ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, disse hoje que as pensões mínimas serão aumentadas em 1,1%, "acima da inflação".
"A inflação prevista para o próximo ano é 0,9%, faremos um aumento nas pensões mínimas de 1,1%", disse Mota Soares durante um debate na Assembleia da República.
"Haverá assim um reforço do poder de compra", que irá ter impacto sobre "um milhão de pessoas", acrescentou o ministro.


Se a inflação é de 0,9% (valor tão baixo que não se consegue perceber) como é que um aumento de 1,1% (diferencial de 0,2%) sobre pensões abaixo dos limiares da pobreza  pode constituir um aumento do poder de compra?!

Olhem é para o escândalo das pensões dos políticos!...

Posted by Picasa

6 comentários:

Catarina disse...

Ontem de manhã- manhã de nevoeiro – também uma foto assim... apenas não pensei em poder de compra mas sim que os passarinhos estavam a aquecer os seus pezinhos! : )

Rui Pascoal disse...

Gostei de saber que Francisco Louçã saiu do parlamento sem quaisquer subsídios ou pensões...

as-nunes disse...

nunes.geral@gmail.com
15:53 (há 3 horas)

para pascoal.rui
Uma atitude patriotica...
R. Via tm

----------
Enviada via Nokia Email

Isabel Soares disse...

Então e não aumenta o poder de compra? 0,2% dá para comprar mais 3 tremoços.

Isabel Soares disse...

A foto está invejável. Também quero fotografar assim!

Graça Sampaio disse...

Esses fulanos do governo são um nojo! Não fazem a mais pálida ideia do que é a vida do povo em geral!