2013/03/21

Primavera 2013. Que sejas vera, não nos mintas também!...



Carlos do Carmo - A canção da madrugada


Explosão de cores,
de sons, de luz, de vida
A Primavera

Zaida Paiva Nunes
Poema  haikai

@as-nunes

9 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia Amigo
A Primavera chegou linda e bela a prometer dias de sol e de temperatura amena, mas também promete chuva para nos alimentar e regar os nossos jardins de esperanças...

Como eu amo esta Primavera que nos acorda de desejos de renovação....
e o tempo não tem culpa do tempo que se torna ruim deste tempo...

as-nunes disse...

Bom dia, Luís

Um abraço de primavera e um olá cheio de poesia.

As árvores a mostrarem-nos as várias peças do seu hábito, cerimónia diária, contínua, a aperaltarem-se para o novo ciclo vegetativo que aí vem!

Esperemos que os tempos que aí vêm não nos escureçam em demasia a nossa capacidade de apreciar e viver a Natureza!

Rosa dos Ventos disse...

A Canção de Madrugar é linda mas esta prima chamada Vera chegou arrepiada e transtornada com as chuvas!

Abraço

lis disse...

Salve salve ! que haja explosão de cor e alegria.
Uma música gostosa que acalma ,gostei do vídeo.
Bons dias pra ti.

Justine disse...

Os ciclos da natureza nunca nos mentem!

quem és, que fazes aqui? disse...


Perfeito! E mais não posso dizer.Parabéns!

Bom fim de semana e um beijo

Laura

Rui Pascoal disse...

Dou-lhe os meus parabéns por este belo vídeo!

as-nunes disse...

Rosa, lis, Justine e Laura


Beijinhos primaveris...

com muita poesia...

Obrigado pelos vossos comentários dum sabor sempre especial.

António

as-nunes disse...

Entretanto - quase em simultâneo - saiu a lume o comentário muito amável, como já estou habituado, do Rui.

Um abraço, meu amigo