2013/03/23

Salve-se a alma da cidade de Leiria



Carlos do Carmo - Sou o ferro velho

O Largo da Sé, em Leiria, é um dos icons da zona histórica de Leiria. Uma cidade só se conseguirá impor no contexto turístico e económico se os seus administradores não permitirem que ela perca a sua alma. E isso só será possível com um forte impulso na recuperação da sua zona histórica, a área da cidade que a distingue de todas as outras. Já vai sendo tempo de todos os que querem voltar a ter uma cidade bem definida, com as suas caraterísticas próprias, pugnem pela recuperação dos edifícios, ruas, praças, jardins, árvores e comércio tradicional, única forma de manter a identidade Leiriense.

Leiria transferiu-se, de armas e bagagens, para um campo de concentração a que chamamos "Leiria Shopping".
Vamos aceitar, sem contestação, a degradação a que Leiria, como cidade histórica, está a chegar?

É que, entretanto, começamos a ver sinais preocupantes de que não há interesse em preservar a identidade de Leiria. 
Em vez de uma Praça na zona histórica, constrói-se um "equipamento" com linhas modernaças mas completamente fora da traça original da alma da cidade. Árvores que ainda se podiam e deviam manter em pé, abatem-se às dezenas, decapitando pontos de referência e de vida.

O ferro velho.
É isto que queremos para o Centro Histórico de Leiria?!

9 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Os tempos estão um pouco difíceis a nível nacional e também local.
Ouvi dizer que o dinheiro está caro e que não dá para as necessidades....

as-nunes disse...

Corroboro essa opinião circulante por aí. E até se vê e se sente, sim senhor.

Há necessidade de muito dinheiro para recuperar o património, designadamente o habitacional, e as pessoas não o têm. Daí a degradação visível dos prédios do centro histórico.

Mas o poder local e central também não têm promovido o suficiente com os nossos múltiplos impostos e taxas de toda a ordem.

deep disse...

Penso que este é um mal comum a grande parte das cidades e vilas portuguesas.

Um bom fim-de-semana. :)

Rosa dos Ventos disse...

Muito triste esse abandono e degradação!

Abraço

São disse...

Concordo: se os centros históricos não forem presevados nada restará, pois actualmente as cidades não t~em nada que as diferencie.

Bom fim de semana

elvira carvalho disse...

É sempre assim amigo. O vil metal leva tudo atrás. O resto é paisagem. Não precisamos só preservar zonas históricas. Precisamos mudar mentalidades.
Um abraço e uma boa e santa Páscoa.
Afinal ela é sinónimo de renovação e esperança...

lis disse...

Passando pra deixar um abraço e desejar uma boa Páscoa,
A população da cidade tem o dever de exigir projetos eficazes e dignos de preservação.
Tomara que reflitam isso, a tempo.
abraços .

as-nunes disse...

Se quiserem fazer o favor de ler o link que acrescentei no fundo vão reforçar a opinião desgraçada que se fica acerca da maneira como a cidade de Leiria está a ser (di)gerida.

Vamos lá a ver o que é que Sócrates tem para dizer na RTP!................................

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Nunesamigo

Creio que já sabes: ressuscitei da maldita depressão bipolar!!!

... e não te esqueças da NOSSA TRAVESSA. Espero lá sempre por ti. Sentado

No resto - passo.

Abç

H