2015/07/26

Faia púrpura num dos mais belos (que já foi) recantos de Leiria ...

((Para melhor se perceber o alcance deste registo (´post´) pode avaliar-se o que consta sobre este assunto, seguindo o link http://dispersamente.blogspot.pt/…/leiria-o-desencanto-dum-… ))
-
Em dia de "Mercado Medieval, Isabel, Rainha Santa" em Leiria, dei com uma árvores plantadas num "recanto de encantar" que eu tenho referenciado há largos anos na Alameda Lopes Vieira, ali à margem esquerda do rio Lis, na zona do Jardim Luís de Camões.
A árvore que hoje fotografei deve ter sido plantada há dias/poucas semanas. Teórica e esteticamente devia ser uma faia púrpura. O painel informativo do tempo em que uma faia púrpura (talvez a mais bela e romântica do mundo) dava vida própria àquele local, ainda lá está.

Simplesmente esta árvore não me parece que possa ser identificada como uma faia púrpura...
Alguém dos serviços camarários poderá explicar o que se pretende com a plantação desta árvore? Ou foi de moeda ao ar?!


Esta faia púrpura foi fotografada em fevereiro 2013. 
conforme link 


Na margem esquerda do rio Lis - Leiria.
A árvore plantada na caldeira circular não me parece que seja uma faia púrpura. Como devia ser, na minha opinião e em conformidade com o painel informativo que ainda lá se encontra; ao pé do banco que se nota na extrema direita desta foto.

Estas são as folhas da árvore agora plantada.
Tudo indica que se trata duma tília e não duma faia púrpura.


4 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Perde-se
na minha ignorância
da troca
qual a importância

gosto das tílias

as-nunes disse...

Também não tenho nada contra as tílias
até gosto delas, da tomentosa ainda mais
só que já estou cansado de fífias
e outras galgas que tais

como não distinguir um Quercus robur dum Quercus rubra
e essa fífia ficou registada numa placa evocativa num jardim
mais tarde, já a árvore estava crescidita, "deslocalizaram-na"
repondo a informação pública como deve ser

Os serviços de jardins e árvores da CM Leiria podem contar comigo ...

Graça Sampaio disse...

Não sei os nomes destas nem de outras árvores, mas Leiria está muito mimosa, cheia de flores e de belas árvores por todo o lado.

Belas fotos (como é hábito...)

as-nunes disse...


Viva, Graça

Isto sou só eu a arengar porque o recanto do jardim/alameda junto ao mini "lago" sofreu grandes amputações desde que eu o comecei a acompanhar e a adorar...
Foram plantadas duas árvores que, na minha opinião, deviam ser faias rubras mas não foi o que sucedeu.
Quanto à questão do Quercus trata-se dum caso que se passou como reporto aqui http://dispersamente.blogspot.pt/search/label/quercus%20rubra
Ainda no tempo da Dra. Isabel Damasceno.

Bj