Mostrar mensagens com a etiqueta glicínia. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta glicínia. Mostrar todas as mensagens

2012/08/28

Acabe-se com esta crise, Já !

A Serra da Estrela vista dum 2º andar na zona de Caçador - Viseu
As glicínias em floração de fim de Verão - Orgens-Viseu

Segundo diz um velho ditado, os economistas sabem o preço de tudo e o valor de nada.

E há muita verdade nesta acusação. É que os economistas dedicam uma grande parte do seu tempo a formular teorias sobre a circulação do dinheiro e a produção de bens.
O que às vezes parece que se esquecem é que só pode haver produção de bens se a circulação do dinheiro se processar de forma a que haja consumo, o que só é possível se a economia conseguir gerar emprego.

Ou seja, há muitos economistas, alguns à frente dos governos de países, que se esquecem dramaticamente que a felicidade ou "satisfação com a vida" estão relacionados com os índices de bem-estar das pessoas e que estes têm a ver com muitos outros aspetos da vida.

A vida é muito mais que o dinheiro mas este é imprescindível que chegue à carteira de todos. Como, se o desemprego que campeia pelas economias de todo o mundo, a pretexto do combate à recessão, é cada vez maior porque os economistas dramatizaram as suas teorias económicas orientado-as quase que exclusivamente no sentido da redução drástica do emprego?

O desastre económico (mas essencialmente social) que estamos a viver é, acima de tudo, um problema humano e não o dinheiro que, entretanto, tem sido perdido pelas grandes riquezas.

Enquanto houver tanto desemprego a vantagem de se ser rico tende literalmente a ser igual a zero.
O medo de perder dinheiro está a levar os ricos a pagarem para que o seu dinheiro fique salvaguardado nos cofres dos países ditos grandes e fortes.
Pura ilusão.

Vem aí uma Nova Ordem Mundial. 
Não há alternativa !
-
(baseado na leitura do livro de Paul Krugman (Prémio Nobel da Economia), "Acabem com esta crise. Já !" )
@asnunes