Mostrar mensagens com a etiqueta torneios futebol. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta torneios futebol. Mostrar todas as mensagens

2012/06/28

O melodrama do Futebol!... ou o Futebol e a formação dos jovens.


Quando em cheio nas traves
as bolas batem fortemente
a sorte a sete chaves
é-nos vedada secamente


Raios partam o futebol
a sua magia sem explicação
para quê mostrar-nos o sol
e dar-nos esta desilusão?!


(Tínhamos acabado de perder, nos pénalties, com os Espanhóis, a meia-final do Euro2012)
-


O que me consola é que, entretanto, a seleção de iniciados (sub-14) de futebol do Distrito de Leiria, com o Guilherme (Moura) em ação, tem tido um comportamento e resultados muito positivos (3 jogos 3 vitórias(+)) no Torneio Lopes da Silva, na Ilha de S. Miguel - Açores (*). A saga do Futebol e da incerteza dos resultados das equipas às quais nos ligamos emocionalmente, continua.
Isto é Futebol...

Venham lá os psicólogos e magos de todo o mundo explicar esta coisa inexplicável que é uma pessoa viver com intensidade as vitórias e as derrotas da equipa de futebol que se meteu no seu "coração"?!...
Sem pedir licença!...

O Rudy (lado esquerdo da foto e o Moura; os dois na seleção distrital), um dia destes, com o equipamento do seu clube: UDL - União Desportiva de Leiria. Tinham acabado de ganhar um torneio em Ourém.
(*) Ver link FPF
(+) 5ª feira: mais uma vitória: 4 jogos, 4 vitórias; querem lá ver que esta malta vai à final com Lisboa?
(+) 6ª feira: empataram 0-0 com Santarém. Ficaram desanimados por só irem disputar o 3º e o 4º lugares, com Aveiro; os finalistas são Lisboa e Porto, obviamente, digo eu (por várias razões...).
@as-nunes 

2012/06/19

UNIÃO DESPORTIVA DE LEIRIA - Toque a reunir!...


UNIÃO DESPORTIVA DE LEIRIA

APELO URGENTE AOS LEIRIENSES

(retirado daqui)
Está na ordem do dia falar-se de futebol, mas não é só porque temos a Seleção Nacional de Futebol Senior empenhada a fundo no Euro 2012, que me leva a deixar aqui esta nota, em jeito de apelo. 
Estou a pensar particularmente na honra e glória do emblema da União Desportiva de Leiria, neste momento posto nitidamente em causa, e no  reconhecido interesse social e humano representado pela Academia  de formação de jovens no gosto pela boa prática do Futebol, sempre com o objetivo de complemento da sua formação como pessoas sociáveis e capazes de enfrentar e superar os desafios que a vida lhes vai colocar pela frente.

Como se sabe, a SAD da UDL tem sido um feudo, há muitos anos a esta parte, do snr. João Bartolomeu. A mim, como amante das coisas de Leiria, agora por maioria de razões, porque tenho vindo a acompanhar a carreira do meu neto e dos seus colegas e amigos, nos escalões de formação, neste momento nos iniciados, está-me a causar muita perplexidade o que se está a passar com a União Desportiva de Leiria, que tenho seguido desde que vim para Leiria em 1966, por acaso o ano da sua fundação como Clube.

E, pelo que noto, nem os próprios Leirienses, se estão a aperceber do enorme capital desportivo, humano, turístico e económico que está em causa e que se está a desbaratar com a crise que grassa em Leiria, ao nível dum clube com as tradições e potencialidades que lhe têm de ser reconhecidas. 
Incontestavelmente.

É profundamente lamentável o estado deplorável a que o snr. Bartolomeu levou o nome da União Desportiva de Leiria, ainda que pela via da SAD.

Durante a minha vida de quase 50 anos de Leiriense tenho participado, na medida das minhas possibilidades e limitações inerentes à minha atividade profissional, na maior parte das Associações Desportivas, Recreativas e Culturais desta região. Confesso que me acomodei, reconheço agora que em demasia, mantendo-me, nos últimos anos, à margem das vicissitudes por que vão passando as Direções destas Associações, concretamente a União Desportiva de Leiria.

Penso que é tempo de voltarmos - nós os que já nos estávamos a reformar e a preparar para descansar os anos do resto das nossas vidas ativas - à carga, e fazermos das tripas coração para darmos o nosso contributo com a experiência que a vida nos tem proporcionado e que, pelos vistos, nos está a solicitar com mais vigor ainda  através do nosso empenhamento decidido nos destinos do Clube que os deverá representar, nas suas ambições de momentos de alegria, de convívio e de fama.

Fica aqui este singelo repto aos Leirienses e aos amantes do Futebol em particular.
Não podemos deixar que a União Desportiva de Leiria acabe desta maneira inglória e desprestigiante, para que parece estar a ser empurrada.

Vamos engrossar as fileiras desta União à qual tantos Leirienses deram o melhor das suas vidas?

Pela minha parte respondo SIM.


nota:
A Seleção Distrital de Leiria, no escalão de iniciados, formada na base de jogadores da UDL, vai participar num torneio na Ilha de S. Miguel, Açores, durante a próxima semana. O Moura faz parte do lote dos convocados.
@as-nunes

2012/04/17

Euro Estádio de Leiria: uma gestão imprópria e um desperdício

Castelo de Leiria, lado poente.
Aqui em baixo, mesmo ao lado do fotógrafo, um outro monumento, mas este, à falta de visão de quem tinha a obrigação de fazer contas dos dinheiros públicos!...O Estádio Dr. Magalhães Pessoa, o do EURO 2004.
Pois...mesmo juntinho ao Estádio da bancarrota municipal de Leiria...
As bancadas VIP, cadeiras estofadas a rigor, também ao rigor do tempo, a degradarem-se, algumas já estão a ficar rotas, cheias de teias de aranha, pó... Tudo muito naturalmente!
Um Estádio a pensar no Futuro ou só no(s) Euro(s)?

Os iniciados, Seleção Distrital de Leiria, a começarem um treino. O mais caricato, no meio de toda esta trapalhada, é que o relvado está que nem um brinco, tratado a rigor!
Estive ontem no Estádio Dr. Magalhães Pessoa (o do Euro 2004). Uma fortuna colossal que aquele estádio custou. A Câmara Municipal de Leiria, ou seja, os munícipes leirienses, ficaram com uma dívida incomportável, às costas. Para várias gerações. Nem sei mesmo se a conseguiremos pagar.

Para a gestão da sua manutenção e das atividades com ele relacionadas, foi criada uma EM, Empresa Municipal (Leirisport), que foi um maná para uma quantidade infinda de administradores (normalmente amigos das gentes do poder político local e nacional, claro está) que, à partida, sabiam que não tinham possibilidades de alterar o rumo irreprimível para o abismo financeiro daquele empreendimento público.
Os anos passam e a dívida aumenta. 
A UDL - União Desportiva de Leiria (SAD), que ficou com o privilégio de utilizar aquelas instalações a preço zero (bem se pode dizer assim, que toda a gente sabia, de antemão, que jamais a factura que a Leirisport lhe passava, seria paga).

Entretanto, o futebol profissional da UDL entrou num declínio profundo. O Presidente da SAD, João Bartolomeu, demitiu-se, os jogadores profissionais fazem greve aos treinos. O que vai ser da equipa de futebol representativa de Leiria? Uma incógnita. 
(aliás, até convém ressalvar que a UDL-futebol profissional, nem sequer já treina e joga em Leiria, vai para 2 anos!...mudou-se para a Marinha Grande, como bem se sabe!).


Lamentavelmente, os problemas relacionados com a utilização e destino a dar a este fantástico estádio, tão fantástico como megalómano, disso todos nós temos a culpa, embandeirámos em arco com a festa do Euro 2004, avolumam-se assustadoramente.
E aqui estamos com um problema de todo o tamanho para resolver. 
Só que as soluções tardam... e não se vislumbra qualquer luz ao fundo do túnel. 

Ontem houve treino dos iniciados para a Seleção Distrital. Lá estavam miúdos do UDL, Marrazes, Caldas, Alcobacense, Nazaré, não sei de que mais equipas. 
O meu neto lá anda, como os seus colegas, todos expectantes. Veja-se só, a treinarem num dos melhores estádios portugueses e até da Europa! Nem sei como, até porque os treinos têm de ser a horas em que já é necessária iluminação artificial. Repare-se nos holofotes que foram ligados. Constituem uma pequena amostra da intensidade de luz que pode ser usada naquele fantasmagórico estádio.

Não defraudem as esperanças dos miúdos, rapaziada de 1989!
Será que não se conseguem encontrar soluções para tão candente problema, não só financeiro, como desportivo?

Será que se vai concluir pelo irremediável, que será, como já se aventou a hipótese, fazer implodir toda aquela infraestrutura, a fim de impedir que a dívida aumente, cada dia que passa?!...

@as-nunes

2010/06/29

PORTUGAL - ESPANHA; a Península Ibérica em jogo!...

Vamos lá a ver se Rui Santos da SIC não se vai pôr aos ais, logo à noite, depois do jogo com os "nuestros hermanos" Espanhóis, para os oitavos de final do Campeonato do Mundo de Futebol, na África do Sul. Esperemos que não...
PORTUGAL PORTUGAL  PORTUGAL
(Foto (recortada) publicada no Diário de Notícias (ed.on-line) de hoje (29-06-2010))

E se nós (os Europeus) decidirmos construir uma Federação dos Estados Unidos da Europa
Porque não começar por uma Confederação Ibérica? (ai, ai ... querem lá ver que me deixei influenciar pelo grande Saramago, recentemente falecido, como bem se sabe!?...)
Posted by Picasa

2010/06/25

NACIONALITO DE FUTEBOL 7

Enquanto na África do Sul se desenrola o Mundial de Futebol, alguns de nós andamos por aqui, neste cantinho de V. R. Sto. António, a ajudar a levar a cabo um Torneio de Futebol com crianças até aos 12 anos. Estão presentes equipas de todo o país, incluindo Benfica, Sporting e Porto. A Final de Sub-12 vai ser amanhã, entre o Benfica e o Porto.

Os Sub-12 do GRAP - Pousos - Leiria, quando agradeciam os aplausos dos seus acompanhantes, familiares e amigos, após um jogo.
-
As selecções de craques da bola do BRASIL e de PORTUGAL acabaram de empatar a zero golos e passaram as duas aos oitavos de final do MUNDIAL da AFRICA DO SUL.
Posted by Picasa

2009/06/29

Escolas de Futebol na Educação de Jovens

A SEMANA PASSADA foi ocupada a acompanhar o meu neto e os companheiros de equipa e a equipa técnica num torneio de futebol denominado "CopaFoot21".

A minha missão principal: fotografar.
Já me disseram que até tenho boas fotografias das várias fases que vivemos naquelas andanças entre Monte Gordo e o Complexo Desportivo de Vila Real. Muito bem idealizado, sem dúvida.

Só não gostei, muito sinceramente, foi daquele jogo com que abriram este Torneio. Dum lado antigos jogadores, locais e de outras equipas, alguns, ouvi mas não os reconheci, até já foram vedetas de Futebol de 1ª Divisão. Do outro, o actual Presidente da Câmara, não sei quantos vereadores, penso que o Presidente da Junta e por aí adiante.

Aproveitei a deixa e eu e uns amigos que por ali estávamos, como o dito jogo ia demorar aí uma meia hora, aproveitámos e fomos dessedentar-nos. Estava um calor sufocante, nesse dia 20 deste mês de Junho. Ao contrário, hoje, está de má catadura - aqui em Leiria e no resto do país - para um dia de Verão, que se desejava mais bem disposto.
E os putos, entre os 6 e os 12 anos, ali estiveram à espera, até que o Torneio (desculpem, Copa-Foot21) fosse declarado aberto.

Ora bolas! Tinha-se dispensado perfeitamente essa finta!...

As equipas entravam em campo, diziam-se umas palavrinhas de boas-vindas e algumas notas, fazia-se a festa das claques, que as havia e boas (a do Sporting de Tomar é que ganhou a medalha) e pronto. Estava a abertura feita.
Condescendendo um pouco, até podia ter havido um jogo, já a contar para o Torneio. Sempre se batiam umas palmas aos nossos jovens. Ao fim e ao cabo a única razão da nossa ida por uma semana para o Algarve, a olhar por eles, a colaborar com a organização.
Um complemento da Formação destes homens de amanhã, a pretexto do convívio, disciplina e prática desportiva em competição amigável, era o horizonte dos nossos OBJECTIVOS.

O "GRAP - Grupo Recreativo Amigos da Paz" - Pousos - Leiria está de parabéns, particularmente a equipa técnica das Escolas A (11 anos), que meteram mãos à obra, de alma e coração.
O Beto, como Director Técnico, o Pedro Paraíso o "Mister" dos miúdos e o Marco Estrela, como treinador dos guarda-redes, fizeram uma tripla fantástica!
Sem esquecer os pais, claro está! E alguns avós (2)!

2009/06/24

Futebol junvenil em V. R. Sto. António

Da esquerda para a direita:

1) Claque do GRAP, os pais e irmãos e dois avós;
2) A mesma claque a chegar ao Estádio do Complexo desportivo de Vila Real de Sto. António;
3) A equipa das Escolas do GRAP (Grupo Recreativo Amigos da Paz - Pousos-Leiria) momentos antes do 2º jogo do grupo em que estavam integrados;
4) Alguns jogadores do GRAP a festejar um golo, o árbitro a contar o tempo e o desânimo de um dos pequenos da equipa adversária, que perdeu 4-1.

...
Estamos de partida do Hotel para o próximo jogo.

O convívio entre jovens e os próprios adultos que os acompanham, tem sido formidável. Só por isso esta a valer a pena a enorme canseira a que estamos sujeitos.

Até já.
Posted by Picasa