2009/01/22

JOÃO LOBO ANTUNES em LEIRIA

De tão obcecado que tenho andado no aproveitamento dos tempos meio-livres de que vou dispondo na minha vida profissional, só muito recentemente é que comecei a reparar na obra literária de João Lobo Antunes. Tenho-me concentrado nas obras, algumas algo controversas, pelo estilo e pela falta de preparação académica da maior parte dos Portugueses, de seu irmão, também médico, António Lobo Antunes.
A oportunidade deste post tem essencialmente a ver com o facto de que João Lobo Antunes vem, no próximo Sábado, a Leiria (livraria Arquivo) apresentar o seu livro “O Eco Silencioso”.
Confesso que ainda não o li, mas estou curioso e interessado em começar a ler o que me for possível, deste, tal como o irmão ALA, Prémio Pessoa, que lhe foi atribuído em 2006.
Esta apresentação estará a cargo da conhecidíssima ex-professora de mais de, provavelmente, meia população de Leiria, ao longo de várias décadas de ensino desde os velhos tempos do Liceu Nacional de Leiria, Helena Carvalhão.
O livro O ECO SILENCIOSO reúne textos escritos, em larga maioria, nos últimos três anos.

-

João Lobo Antunes (n. 4 de Junho de 1944), é um neurocirurgião português e irmão do escritor António Lobo Antunes. O seu pai, neurologista, colaborou de perto com Egas Moniz, personalidade que o influenciou desde novo. O seu tio-avô é considerado o pai da Neurocirurgia portuguesa, tendo tido como mestre Victor Horsley, um dos pais da Neurocirurgia moderna. (in Wikipédia).

5 comentários:

Isa disse...

Gosto muito da escrita deste médico.Quanto ao irmão aprendi a gostar.
Ainda bem q. os trouxe aqui,ao nosso convívio.
Beijo.
isa.

Ana Ramon disse...

Ao ler este teu texto fiquei a pensar que acompanho a escrita do António Lobo Antunes desde o Memória de Elefante e nunca me deu para ler os trabalhos do mano João. Mas agora já estou espicaçada e vou comprar o livro que citas.
É muito bom passar por aqui
Um beijinho

Isa disse...

Obrigada,António,pela visita sempre agradável.
Bom fim de semana.
Beijo.
isa.

Paulo Sempre disse...

Nunca é tarde demais para qualquer descoberta...
Abraço
Paulo

PS: Um blogue onde aprendi muito.

Anónimo disse...

caro bloguer,

Ao contrário do que refere no seu post, o António Lobo Antunes nunca ganhou o Prémio Pessoa.

parabéns pelo blogue.

Um abraço,
p.