2009/08/01

A pensar na vida!

...
Porque zangado, preocupado com o presente e com o futuro, só um lírico descontrolado é que não o estará, nesta altura das nossas vidas.
Espero bem que não venhamos a colocar a cruz nos mesmos quadrados das “europeias”. É que não é preciso ser-se muito inteligente para perceber que passaríamos a ter um país ingovernável, à mercê de muitos escolhos e de ameaças das mais diversas, como aconteceu frequentemente nestes últimos tempos, apesar do Governo ter apoio maioritário no Parlamento.

... (mais no Clube dos Pensadores)



4 comentários:

Fernanda disse...

Caro amigo António,

Bom dia...que por aqui hoje não está nada bom :(

Pois eu também estou de acordo consigo, a ver se este povo abre os olhos.

Bom fim de semana.
Beijinho
Fernanda (Ná)

Alda M. Maia disse...

Gostei de o ler! (Claro que fui ao "Club dos Pensadores" ler o resto).
Se estou de acordo? Plenamente!
Boas férias
Alda

as-nunes disse...

Caras amigas

Há uns anos atrás tinha decidido que não me meteria em acções políticas que me desgastassem.
Mas parece que, desta vez, temos mesmo que nos empenhar a sério para tenntar encontrar uma solução que possa ser a mais corajosa e voluntariosa possível.
Os problemas que o Mundo atravessa não se compadecem com lirismos! Não vejo que os apelos a mudanças radicais no rumo da Governação nos possam levar à desejada e indispensável recuperação de Portugal, no quadro da recuperação provável da Europa e do resto do Mundo!
Não creio que com extremismos encontremos a solução requerida!
Temos, isso sim, que ponderar as opções que temos à vista e não nos deixarmos embalar no canto da exaltação dos teóricos!
Um abraço
Que estes meses de simulacro de Verão nos alumiem o espírito!
António

tulipa disse...

Querido António

em relação ao seu post, apenas escreverei o seguinte: sei como funcionam os portugueses, comem muito queijo, por isso este tipo de "lembranças" terá mais efeito, na semana que antecede as eleições.
Que achas?
Muitos portugueses neste mês de Agosto "desligam" os neurónios e vão a banhos, por isso, conversa de eleições e votos não "entra" nas suas cabecinhas...

Sobre a minha visita, começo por pedir desculpas das minhas ausências e agradecer do fundo do coração as suas visitas aos meus 2 blogues.
Sabe que é sempre muito benvindo.

Todos nós temos os "nossos lugares especiais" e hoje convido-o para ver os lugares por onde andei no mês de Julho, que terminou há 2 dias.
Muito recolhimento físico e psíquico, derivado ao meu debilitado estado de saúde. Mas, cá estou, pronta a recomeçar o trabalho, embora a 80%, mas haja esperança em dias e momentos bons que custa menos lá estar.

Nos meus últimos posts falei de:
entre o bom e o mau
permanece a essência
e após a tempestade
a bonança virá
esta é a minha esperança.

um beijo meu e tudo de bom para si