2014/05/04

A propósito dum tal snr. Fulano da atualidade...



Estando D. Fulano a tagarelar
comigo, de tédio senti-me morrer.
Tantas as tolices que lhe ouvi dizer.
Finalmente disse: “Tempo é de deitar.”
Respondi-lhe logo: “Se ir vos apraz,
Ide em boa hora que eu cá fico em paz.”

Morrendo de tédio, farto de o ouvir
Estive eu muito tempo, ali massacrado.
Já pestanejavam meus olhos de enfado.
Finalmente disse: “Tempo é de deitar.”
Respondi-lhe logo: “Se ir vos apraz,
Ide em boa hora que eu cá fico em paz.”

Foi tagarelando pela noite fora
E dentro de mi o tédio crescia.
Mas o maçador nem se apercebia.
Finalmente disse: “Tempo é de deitar.”
Respondi-lhe logo: “Se ir vos apraz,
Ide em boa hora que eu cá fico em paz.”

Trova satírica de Dom Dinis
Versão moderna de Natália Correia

Sécs. XIII/XIV

2 comentários:

Graça Sampaio disse...

Aposto que se lembrou desta "trova" ao ouvir o discurso do "nosso" primeiro...

as-nunes disse...


Está-se mesmo a ver! Só que for ceguinho de todo é que não os topa a milhas!