2014/05/14

O Homem-Capital não tem alma


Dizem que o homem tem alma!

Aquilo que o anima,
que o faz viver e sentir,
que o distingue dos outros seres vivos.

Olho o mundo.

Vejo amor, solidariedade, sentimentos
nos outros animais.

Vejo-os também nalguns homens:
Os subjugados, os pobres, os proscritos da vida.

E são cada vez mais!

Neles apercebemos a alma.

E nos outros?
Nos poderosos do mundo?

São os homens ocos!
“The Hollow Men” de Eliot!
Os “Mistah Kurtz” de Conrad!

A alma?

Venderam-na
A um Senhor Todo Poderoso!
O Capitalismo Selvagem!

12 de Maio/2014
Zaida Paiva Nunes

3 comentários:

lis disse...

Nos tempos atuais difícil identificar as 'almas',
é bem verdade que é mais fácil encontrá-las na Natureza e nos animais,
belo poema .
fica o abraço

Graça Sampaio disse...

Para mal de todos nós e também porque, de alguma forma e aos poucos, fomos permitindo...

Boa noite.

as-nunes disse...


Bem andamos a meter a cabeça na areia, mas ou muito me engano ou ainda temos que nos meter a caminho para dar um empurrão na carroça desta vida!