2007/08/27

A Beleza acontece quando tu SORRIS...


Estamos, eu e a Zaida, de férias. Daquelas em que temos conseguido não nos submeter a horários nem a programas previamente empacotados, cheios de papelinhos com cores e cheiros tropicais e outros que tais.
Temo-nos deixado levar pelas ondas do Tempo, horário, meteorológico, humorístico ou mais casmurrento.

Vivemos, de há uns bons anos a esta parte, num local de que gostamos. A decisão de virmos viver para estes lados foi inicialmente motivada pela minha paixão pelo Radioamadorismo. A propagação das ondas hertzianas tem campo aberto para se espraiar por esse Mundo fora…


A Nascente, o vale do Rio Lis - nascido naqueles lugares encantados das Cortes, terra de muito labor compensado embora com boas produções, terra de muitos e bons poetas, de muita cultura e de muita História – a Sra. do Monte a retribuir os nossos olhares, por vezes duma forma enigmática, como que a lembrar-nos a sua presença majestosa mas cúmplice.

..
A Poente, a continuação da encosta do lado de cá do Rio, terrenos em forte declive, mas de bom cultivo e pastoreio, uns restos de pomar, de vinha e de pinhal. Lá ao cimo pressente-se a estrada de S.S. Salvador que leva, depois de se passar pela Carvalhinha e pelo Pinhal Verde, à sede da freguesia, a Barreira; com a sua Igreja Matriz dedicada ao SS Salvador, o Solar do Visconde e respectivo jardim exótico e secular, o seu casario à volta das antigas casas Senhoriais dos Guerras e dos Oliveira Simões, vinhas e pomares a perder de vista…
O dia amanhece lindo, a confirmar o quão volúvel o Tempo se nos está a apresentar, como que a enviar-nos avisos, alertas! Para nos animar, talvez, o Sol brilha e encanta. Faz-nos Sorrir…e que nos faça pensar, também.
Fiz umas experiências com a tele-objectiva, coisa simples, da minha inseparável máquina fotográfica.
É uma pequena amostra desta sessão fotográfica matinal que vos quero mostrar, agora, aqui…
Bom dia!
Façam favor de ser Felizes!
Sorriam!...
- 19h00 -

Ao fim da tarde não resisti a voltar a fotografar a vista panorâmica que se abarca desde a varanda virada a nascente. Só que desta vez as Cortes e toda a Sra. do Monte (o monte sobranceiro que detém esse nome por lá ter sido fundada a capelinha da Sra. do Monte, a que só poderá ser reconhecida na foto - lá no alto - por quem conhecer este sítio) apresentam-se com a luminosidade espantosa da luz do Sol poente.

E pensar, por associação de ideias com os momentos dramáticos que os Gregos estão a viver neste preciso momento, que todo aquele Monte, encostas e outras áreas desta zona, arderam completamente num fogo terrível, em 2005. Posso garantir-vos que, nessa altura, eu e outros populares, ouvimos e vimos o diabo à solta. Lufadas de ar negro de fumo, ruído cavo, medonho, abafado que sufocava, atravessou o vale e, como que nos queria atemorizar, a nós que estávamos do lado de cá. As populações das Cortes e arredores juntaram-se aos bombeiros e lutaram que nem uns bravos, na defesa dos seus bens e do seu próprio habitat.

A vida neste Planeta Terra, alvo de tantas e tão vis cobiças de toda a ordem, bem precisada está que sejamos capazes de reflectir no melhor caminho a seguir, sem rancores, sem guerras, sem ganâncias desmedidas.

Precisamos urgentemente de reencontrar a alegria de Viver e SORRIR!
Posted by Picasa (clicar nas fotos para ampliar)

5 comentários:

Alda M. Maia disse...

Um belíssimo título!
Continuação de boas, felizes e sorridentes férias
Alda

as-nunes disse...

Pois é, Alda. Só faltou referir o meu indicativo de radioamador. Bem o podia ter posto bem à vista, para ficar na fotografia. CT1CIR.
Muitas felicidades também para si, Alda, e que possa usufruir do seu indicativo CT1IY tão breve quanto possível. Afinal parece que continuamos a ser úteis, assim estejamos equipados com autonomia em termos de fontes energéticas (um gerador e baterias). Veja-se o que, volta não volta, acontece por esse mundo fora. Mesmo aqui, ontem no Norte em que as próprias estações de radiodifusão ficaram horas infinitas inactivas, quando inclusivé, as comunicações telefónicas também ficaram cortadas.
Contradições! Eu a colocar aqui um post a apelar ao SORRISO (encontrei este auto-colante no meio duns papéis que andava a arrumar, já terá mais de 10 anos!)e os acontecimentos funestos a precipitarem-se por todo o lado.
Temos que ter CALMA, mas também temos de ser capazes de EXIGIR muito mais RESPONSABILIDADES aos detentores do PODER!
António

chanesco disse...

Meu caro António

Gostei deste post onde percebi que tambem se pode escolher um local para viver pelas as vantagens naturais que favorecem o radioamadorismo (desta vez já sei que não lhe devo chamar macanudo) e a paixão que se tem pela actividade, mas, a tudo isto, está sobreposta esta excelente canção do Jorge Palma.

Um abraço raiano e um resto de boas férias

al cardoso disse...

que as ferias bem merecidas sejam optimas, mas se-lo-ao decerto com vistas tao bonitas.
Espero que na minha proxima visita, possa ter tempo para o meu amigo mas mostrar com mais pormenor.

Um abraco de amizade e boas ferias.

PS: No "Aquidalgodres" vai ver uma fotografia de um sitio que conhece!

Isabel disse...

Pois é, venho aqui pela primeira vez e não posso deixar de começar por dar os parebém pela decisão de vida que tomaram, quam me dera poder fazer algo parecido, farei um dia, irei viver para a Bahia no Brasil, e encontar a calma que a minha alma pede. Estou de partida sábado para lá de novo de férias e a minha intenção é passa-las a sorrir já que aqui em Lisboa esta cidade cada vez me faz sorrir menos.
"Invejo-te" por teres fugido da cidade em busca de um sonho... também o hei-de fazer um dia.
As tuas fotografias são muito boas. Nota-se nelas a alegria com que vês esse pedaço de mundo em que vives.
Foi bom vir aqui.
Vou voltar.

Isabel