2008/07/01

Um jardim ao lusco-fusco

Há locais pouco divulgados, praticamente desconhecidos, apesar de todo o seu encanto paisagístico e ambiental, da sua história e da sua beleza romântica, vinda dos tempos do séc. XIX. Daqueles tempos em que uma grande parte das actuais povoações, nos limítrofes das cidades, estavam a dar os seus primeiros passos decisivos para se virem a transformar nos actuais populosos aglomerados rústico/urbanos. Dos tempos em que os senhores da Nobreza, com os seus títulos abrasonados de Condes, Viscondes, Marqueses, detinham as suas terras de cultivo com a sede nos seus palácios e solares.
Estas fotos retratam o estado actual dos jardins (com algumas árvores exóticas e monumentais) do antigo Solar do Visconde da Barreira, Leiria.
Apesar de ser natural de Viseu, porque eu e os meus ancestrais lá nascemos, numa aldeia, no horizonte a Serra de S. Macário, vivo nestas terras, dividido embora com Leiria - cidade.

Repare-se nas fotos:

1 - Estava-se nos preparativos duma petiscada das tasquinhas da Barreira. Olhe-se o tronco dum Plátano, com umas largas dezenas de anos;
.
,
.
.
.
.
.
.

2- O Sol estava quase a passar para lá do cume da elevação nos terrenos circundantes, as árvores (plátano, tílias, choupos, cedros) começavam a recortar-se no azul decadente do horizonte filtrado pelas suas folhas;
.
.


3- Idem, idem.
.-----------------------------
"Ó árvore, alguém pensou
na tua imensa alegria
quando enfim rompeste a crosta
e a alcançaste à luz do dia?"


Fernanda de Castro

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
(Quantos dias já não passaram desde esse dia?)
---



4- A noite já tombava, a luz dos candeeiros ajudava à visão. As velas tinham como finalidade afastar os mosquitos que, dada a humidade proveniente do lugar e dos dois lagos do jardim, zumbiam, de todas as variedades, ali à volta dos foliões, alguns bem comilões e beberricadores, como não é de espantar nestas circunstâncias.
-
Estou a tentar fazer um levantamento botânico das plantas e árvores deste jardim.
Serei capaz? Entusiasmo não me falta.



Posted by Picasa

5 comentários:

Abelha Nota disse...

Acredito que será capaz. Pelo menos força de vontade não lhe falta.
Boa Sorte

as-nunes disse...

Estou desolado. O blogue de referência na área da Botânica, o dias.com.arvores encerrou a sua actividade.
Somos muitos os bloguistas que estamos a manifestar o nosso pessar, mas temos que nos conformar coma ideia. arece que não há retorno por aquilo que li.
No seu lugar ficará um grande vazio. É certo que já estava no ar desde 2004, mas vai fazer muita falta a todos nós.
Com tristeza, saúdo-vos, até sempre.
António

arte por um canudo 2 disse...

Refrescante.Com esse entusiasmo nada te impedirá de fazer esse levantamento António.Sabes e conheces muito bem como tratá-lo, por isso vai em fente.Gr. abraço

bettips disse...

Um lugar no coração, portas abertas que teremos de manter... nós os que "olham" ainda as pequenas coisas da terra.
Tu, por Leiria, fazes muito com tudo o que vou lendo!
Abraço amigo

al cardoso disse...

Estou convicto de que sim sera capaz. Para a frente e que e o caminho!

Um abraco de amizade dalgodrense.