2010/10/20

POUSOS - Leiria: Que o Senhor dos Aflitos nos ajude!...


Ainda bem que há quem se esteja a preparar para a Festa com tanta antecedência e entusiasmo!

Pousos é uma povoação limítrofe da cidade de Leiria.
Pelo que se vê, os festeiros que preparam as festas de 2011 em honra do padroeiro da terra, nasceram em 1961. Terão, portanto, 50 anos, quando chegarem os festejos populares e religiosos do próximo ano.

Apesar de todas as desgraças anunciadas para o nosso País parece que a campanha de angariação de fundos não está a correr mal de todo.
Quem sabe se o Ministro das Finanças e o Primeiro Ministro Sócrates não estarão a fazer mal as contas e afinal não estamos assim tão nas lonas como isso?!...

Que o Senhor dos Aflitos nos valha!...

         Actualizações noutros blogues ou FaceBook                                                                                   

Posted by Picasa




6 comentários:

as-nunes disse...

Há que manter a calma.
O Povo é sereno, já lá dizia, o Almirante Pinheiro de Azevedo, em plena confusão do PREC, ao meio da fumaça dum rebentamento de petardo!...

E cá estamos, quase 30 anos depois, prontos para a luta pela sobrevivência.
A fé nos há-de salvar!?...

Luís Coelho disse...

As coisas que o Sr Nunes anda a pescar na beira do Rio Lis e como se não bastasse ainda faz comparações.
Deixemos as políticas de parte.
Todos fazíamos uma grande festa se agora tivéssemos cinquenta anos
...à leão....
Nós somos pobres e passamos com pouco, mas os grandes e ricos a viver à fartazana é que se danam.
Tenho pena que nesses grandes tachos e salários eles não reduzam mais de cinquenta por cento. Por outro lado é indecente como os reformados se candidatam aos tachos da Câmara, finanças e governo e recebem os salários a triplicar.
É vergonhoso ver a ladroagem descarada neste país...........
Afinal eu é que falei em política.
Desculpa e aceita um abraço de amizade.

as-nunes disse...

Um ponto importantíssimo, essa questão dos reformados e não só(quantos com reformas douradas, como hoje se diz) ocuparem cargos de nomeação política (cunhas, obviamente) que lhes rendem remunerações de alto nível, é uma indecência. Principais alfobres: Ministérios, Câmaras e por aí adiante.
Por exemplo, admite-se lá que uma pessoa reformada com uma reforma na ordem dos 2.500 Euros (para não falar das outras ainda mais elevadas e antecipadas aos 50 e tal anos) passem a ocupar (é que é mesmo só ocupar) ,cargos numa Câmara ou num Ministério ou numa Empresa Municipal ou numa Empresa Pública a auferir remunerações chorudas, só para pagar favores políticos? amizades de campanhas eleitorais?...

Não sou contra o facto de cada um de nós trabalhar para complementar a parca reforma que possa estar a receber depois de andar uma vida a contribuir para a Segurança Social, durante mais de 40 anos, se se sentir com capacidade de poder dar o seu contributo para a criação da Riqueza nacional; agora o que se está a passar e parece que vai continuar, não!
Não é admissível que se continue a tolerar a passagem à situação de reforma, sem penalizações, para quem o fizer antes dos 62 anos e, mesmo assim, só depois de contribuir durante, pelo menos, 30 anos!

Segundo ouvi na rádio ontem, parece que nas medidas de austeridade já se está a recuar nessa área!

A ver vamos. O Dr. Passos Coelho e o PSD também já andam à nora sem saber o que dizer para agradar a Gregos e a Troianos!

Valha-nos o Senhor dos Aflitos!?...

Temos que agir politicamente, não há outra hipótese, não podemos deixar unicamente nas mãos dos "políticos" carreiristas que resolvam os problemas da nossa sociedade, a bem da Nação!
O resultado está à vista!

Lídia Borges disse...

Não deixa de provocar um sorriso...
Nunca, como agora, fez tanto sentido louvar o Senhor dos Aflitos.

L.B.

arte por um canudo 2 disse...

Ainda vai havendo para a ração..senão ai ai senhora dos aflitos.Gr. abraço

Bruno Nunes disse...

"(...) nas mãos dos "políticos" carreiristas (...)"

A primeira vez li "nas mãos dos "políticos" carteiristas"... As partidas que a mente nos prega.