2013/02/08

Antes das cidades já havia pessoas?

Igreja/Santuário de N. Sra. da Encarnação . Leiria: ao anoitecer de ontem.
De cima da ponte que liga a zona do hospital de Sto. André aos Pousos, em Leiria. Ao anoitecer. Ontem

Ora bem. Aqui estou eu, à espera que mudem os pneus do meu carro. E, pelos vistos, vim mesmo na hora. Pelos menos dois dos pneus já estavam nas lonas. Têm andado a gastar mais por dentro, pelo lado do pneu que não se nota à vista ligeira e de rotina.

Os pneus nas lonas. Tal como nós, portugueses. Uns mais que outros, claro.
Veio-me à ideia o que se tem passado com a gestão da coisa pública. Do país, este país desgraçado pela atuação desgovernada e corrupta dos políticos que nos têm calhado nas rifas das eleições ditas democráticas, mas que pouco têm de democrático, na perspetiva de que as pessoas que são escolhidas pelos partidos acabam por nos ser impostas através do  sistema eleitoral vigente em que não se dá oportunidade a que pessoas independentes e reconhecidamente competentes e honestas se possam apresentar a sufrágio universal.
Do país e das cidades, como é o caso de Leiria, nitidamente em situação de rutura financeira e com as pessoas a deixá-la às moscas. Com o comércio completamente à deriva e as lojas a fecharem umas atrás das outras, o centro histórico degradado ao extremo.

Tendo aqui à mão o semanário "Região de Leiria", de que sou, aliás, assinante, dei com uma crónica na página de "Opinião" que me chamou particularmente a atenção. Por sinal a crónica desta semana tem como finalidade introduzir o tema que vai passar a ser abordado pelo seu autor(*). E fiquei expectante.

Muito sinteticamente e em jeito de slogan, o autor inicia o seu texto desta semana, reproduzindo um grafiti que recentemente encontrou numa das artérias centrais duma cidade aqui perto. Que diz assim:

"Antes das cidades já havia pessoas?"

Apesar do aparente absurdo desta pergunta, o autor propõe-se, com esta crónica, trazer regularmente à discussão pública, "propostas de leitura e interpretação do lugar do urbano e do papel das cidades no mundo contemporâneo."

Parece-me uma boa ideia.
Vamos a isso, cá estaremos para o ler e acompanhar. O tema promete.
-
E pronto. Os pneus já estão montados. Espero passar a sentir-me mais seguro a conduzir, nos próximos tempos. Assim possa acontecer o mesmo com os políticos que nos governam. Com a mudança de Orçamento plurianual para a UE parece que até nem vamos sair muito desfavorecidos, pelo menos no que respeita aos fundos de coesão para a Agricultura. 
Assim venham a ser geridos com o rigor que se exige. 

(*) João B. Seara
Professor do Instituto
Politécnico de Leiria

@as-nunes

11 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Também tive ontem o prazer de rever a Senhora da Encarnação iluminada!
Quanto ao Região de Leiria que também assino, lá ficou em cima da secretária do meu parceiro à espera que ele o abra quando chegar hoje...
Um anda para cá, outro para lá! :-))

Abraço

Catarina disse...

Não vou comentar sobre política mas comento sobre as fotos. Lindas! A primeira está um espanto. Raramente tiro fotos à noite porque não saio para lugares que valham a pena ser fotografados... Deu-me uma ideia. Na primeira oportunidade farei o possível por sair ao fim da tarde e tirar fotos da cidade.
Vou ficar mais uns momentos a olhar para a primeira foto.
Abraço

Rui Pascoal disse...

"Os meus pneus" estão longe de estar nas lonas, é inverno, mexo-me menos...
:)

Não queria meter tudo no mesmo saco mas a ideia com que fico é que, ao longo de todos estes anos, temos sido governados por uma cambada. O fosso é cada vez maior...
Será que a democracia já se esgotou?

Rogério Pereira disse...

"Antes das cidades já havia pessoas?" é um bom tema...

Olhemos os nossos pneus!

ᄊム尺goん disse...

~...não sei. mas afirmo que
existe um fotógrafo sensivel
e talentoso!

obrigada!

abç

Isabel Soares disse...

Que belas fotos! E o que havia aqui para ler e comentar! Decididamente, não posso fazer greve à NET...

as-nunes disse...

Como ficar insensível a estas manifestações tão simpáticas?!

Bom Domingo, talvez nos venhamos a encontrar daqui a pouco, um dia destes, à volta de outra fotografia!

A minha musa inspiradora!
Que escreveria eu, sem me apoiar numa fotografia tirada por mim? ...

Lídia Borges disse...


para já as fotos estão fantásticas! O ângulo, a luz, o enquadramento...

Sobre o tema lançado à discussão, nesse semanário só tenho a dizer que é muito sugestivo, muito interessante,mesmo.
Fiquei já a pensar nos nossos poetas modernistas do século passado, a decadência, na dispersão e solidão e alheamento do sujeito.

Isto sou só eu a pensar...

Um beijo

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Um tema interessante,já antes alguém afirmava:
- A cidade e a serra

A política que se deseja é que isto mude depressa. Estamos fartos de ser gozados por incompetentes e mentirosos. Prometem justiça mas são eles a cara mais forte da injustiça.
Prometem honestidade e trabalho e é isto que se vê...e mais ... e mais...

Titania disse...

Antonio, this woe with politics is worldwide. Where are we going from here. Your city or town, Leira looks very beautiful at night; lovely photos.

as-nunes disse...

Titania

Thank you for your kindness.

All the best.