2015/04/09

Rosas de Abril


Fotografada duma janela de minha casa com um distância focal 450 mm.

-

Chove, não chove
tempo sombrio ventoso
olho pela janela do escritório
pingos de chuva na vidraça
rosas brancas eternas
pequeninas agora
frágeis expressivas
horizonte cinza metalizado
fotografo o momento
foco-me nas rosas...

recolho o olhar
papéis e contas 
alguma ansiedade

Pensamentos entrelaçados
... ou entrecruzados?!

as-nunes

4 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

focas-te nas rosas
elas
vaidosas
pousam para ti
assim
como eu vi

as-nunes disse...


ando assim
neste refrigério
meu amigo Rogério

ainda que desiludido
com este país vencido



luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia
Um olhar com muita ternura mas também cheio de poesia que passou ara o papel.
Em Março já tive rosas abertas.
Por serem poucas eram mais belas.

María disse...

La vida envuelta en flores y espinas.

Un beso.