2007/10/05

Árvore do gelo - Leiria


Fotografias actuais da chamada "Árvore-do-gelo" existente no Jardim Luís de Camões, em Leiria. Quem não tiver visitado esta zona da cidade há mais de dois anos, há-de verificar que a estátua do autor de "Os Lusíadas" está deslocalizada em relação à sua posição inicial. Que mania de mudar as estátuas e monumentos de lugar!!!..."Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades"...
O nome científico desta árvore é Braychychiton populneus e é da família das ESTERCULIACEAE. É de origem Australiana, cresce até aos 18 metros de altura e é muito resistente ao gelo e à poluição urbana.
Vale a pena observar os seus pormenores, por ampliação das fotografias, clicando em cima.
Tenho acompanhado a evolução desta árvore, com fotografias regulares, há mais de um ano.
.
.
Luís Vaz de Camões

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
muda-se o ser, muda-se a confiança;
todo o mundo é composto de mudança,
tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
diferentes em tudo da esperança,
do mal ficam as mágoas na lembrança,
e do bem – se algum houve - , as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
que já coberto foi de neve fria,
e enfim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
outra mudança faz de mor espanto:
que não se muda já como soía.
Posted by Picasa

4 comentários:

zé lérias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zé lérias disse...

A mim não me incomoda nada que mudem as estatuas de lugar, conquanto seja para para melhor.
Já dei conta do que descreve e aprovo o seu reparo.
Podemos estar descansados porque árvore certamente não vão mudar. Mas cortá-la um dia destes são bem capazes. É só dar-lhes na cabeça de que no seu lugar fica melhor outra coisa ;)

Um abraço e continuação de bom-fim-de-semana, amigo e vizinho António.

Kalinka disse...

Começo por desejar um excelente Fim de semana prolongado. O meu tem por finalidade descansar fisicamente e fazer umas arrumações de Outono.

AMIGO ANTÓNIO
é a 1ª vez que leio sobre a «árvore do gelo»...ando sempre a aprender.
Noutro dia enviei-lhe um e-mail, mas até hoje não respondeu, pois não sei se leu.

Na minha teimosia de fazer um 3º post sobre a letra F, faço destaque a um evento artístico que teve início a 29 de Setembro e termina a 31 de Dezembro, na Estrada Nacional (EN) 10, junto ao Seixal. Acolhe o Drive In Art 2007, que já vai na sétima edição. As trinta telas de enormes dimensões (2 m por 1,85 m) foram pintadas por vinte artistas, jovens e muito jovens (dos 15 aos 30 anos), e podem ser avistadas nos dois sentidos da EN 10 no troço entre as Paivas e o Fogueteiro. O vencedor (ah pois, isto é um concurso!) ganha 500 euros. Se o público não vai à arte...

Beijokas.

bettips disse...

E o menino está um "botânico"!!! Lá fui espreitar as "flores" das árvores que nos passam despercebidas! Dei uma vista de olhos (sabes que há mais de 10 anos que não passo por Leiria que para mim tinha grande carácter) e é sempre com gozo e agrado que leio as tuas divagações. Poesia de Camões parece tão actual, não é? Em tirando-lhe o telemóvel...fica igualzinho! Agora uma novidade: consegui comprar em 2ª mão as "Raças Humanas", todo preenchidinho, aqui há uns meses. Deu-me para divagar de quando comecei a pensar no mundo. Com as devidas distâncias do pouco que se sabia naquele tempo, foi uma colecção que me marcou para sempre, no sentido da Humanidade e diversidade. Ainda procurarei as "Maravilhas do Mundo"...
Mas não:
"não se muda já como soía".
Boa sorte para o que subentendo ser "um cruzamento" na tua vida. E obrigada pelas tuas palavras animosas. Abraços