2008/03/05

Podas em Leiria

Depois de ler o "sombraverde" decidi-me por dar publicidade a esta foto. Ontem, 9 horas da manhã. O contraste luz sombra produz alguns efeitos artísticos (?), mas seria necessário fazer estas podas tão drásticas? Aqui mesmo ao sair do centro de Leiria.
Em compensação, uns minutos antes, tirei esta foto, junto à Sé de Leiria. Uma olaia em plena floração antes mesmo de deixar cair todos os seus frutos. A Prima Vera anda um tanto acelerada, parece-me. Ainda vêm por aí uns dias de geada e lá se vai o trabalho adiantado!...
Posted by Picasa

6 comentários:

Vieira Calado disse...

Não sei de árvore se trata.
Mas, provavelmente, a poda está como deve ser. Há que esperar.
Um dia destes começam a despontar os seus rebentos.
Cumprimentos

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

António,

A "podite" é uma doença crónica deste país alicerçada em décadas de práticas erradas que tornaram normais e banais estas barbaridades contra o património arbóreo público. Num país onde por ano se abandonam milhares de animais de estimação, não poderíamos esperar outra atitude perante as árvores.

Neste momento temos dezenas de blogues a denunciar estas barbaridades, o que me dá uma certa esperança de que, ainda que de forma muito lenta, as pessoas comecem a despertar para este tipo de práticas levadas a cabo por quem não tem a mínima formação técnica em arboricultura e manutenção de árvores ornamentais.

A razão está do nosso lado e isso deve-nos motivar a não desistir de denunciar estas infâmias...Não é fácil gostar de árvores neste país!

Obrigado pelos comentários na "Sombra..."

Um abraço.

P.s.- As herbáceas não são o meu forte, ainda que a dita planta que cresce no passeio deva ser bastante comum. Talvez o pessoal do "Dias com Árvores" possa dar uma ajuda.

Vieira Calado disse...

Meu caro: acho muito bem que publique o seu livro.
Rimada ou ser rimada, a poesia tem muitos caminhos. E há muita gente a gostar das coisa mais díspares
ou das mais comuns.
A sua companheira, já habituada a estas andanças, lhe dirá a melhor maneira de trazer «esse filho» cá para a luz do dia!
Guardo o seu endereço... para o que der e vier...
Um abraço

Flor disse...

Por aqui também António, estamos encontrando muitas árvores podadas de forma inadequada e drástica.
Coitadas, nem com o tempo e brotamento se recuperam destas mutilações!
Aqui no verão, chove muito, mas antes chovia e logo parava, chuvas breves e fortes. Hoje com essa alteração toda no tempo, chove e venta, tempestades de horas às vezes. Isso leva a queda de galhos e árvores, e consequentemente ao desespero certas pessoas, que chamam os podadores da prefeitura.
A "podite aguda" está maior do que nunca por aqui.
Pena!

al cardoso disse...

Aqui pelos "states" nao se poda nada, a menos que a arvore esteja a cair de podre, o que e um exagero em minha opiniao, mas ai tambem abusaram!!!

Um abraco de amizade dalgodrense.

gaspar disse...

Amigo tenho visto as fotos e acheias deveras interessantes, e lembrei - me de perguntar pode ser que alguém me informe melhor, é o seguinte como sou campista e gosto da natureza este ano em Góis no parque encontrei umas acácias acho que é, pois são iguais, mas têm um fruto igual áo bolotas um pouco mais pequenas, e mais redondas, perguntei até a pessoas da vila como se chamava aquela árvore e não é que ninguém me soube dizer?Achei engraçado porque já lá tinha estado mas as ditas árvores como não tinham o fruto não liguei grande importância pois para mim é acácias mas que tipo? alguém sabe? é que gostava de saber mesmo para dizer e ensinar os meus filhos, obrigado.