2010/01/28

Orçamento do Estado e Poder

Passei pelo MSN, aliás, está na minha página inicial do meu browser "Google Chrome" e deparei com esta questão, a título de inquérito.




Que evento vai marcar 2010?



Respondi instintivamente, como se estivesse na pele da maioria das pessoas que, provavelmente, respondem a este tipo de inquéritos.


Como devem saber, após se responder ao inquérito, dão-nos, como retorno, a posição percentual da importância que os questionados atribuem a cada questão. Ei-la, no caso concreto da pergunta acima:


O Casamento entre pessoas do mesmo sexo (Jan’10) 20%
O debate do Orçamento de Estado (Fev’10) 5%
A visita do Papa a Portugal (Mai’10)
23%
O Rock in Rio 2010 (Mai’10)
7% 

O Mundial 2010 (Mai-Jun’10) 34%
O centenário da República (Out’10) 5%
A Campanha para as Presidenciais (Dez’10)
6%



7618 respostas, sem valor científico, resultados actualizados ao minuto. (12h50 de 28/12/2010)


Ou seja, a maioria significativa das pessoas que responderam a este inquérito, estão predispostas a darem a sua atenção máxima, ao que se vai passar relativamente ao "Mundial 2010" de Futebol, deixando para último plano das suas preocupações, o tema que deveria ser de importância extrema para as suas vidas, ou seja o Debate do Orçamento de Estado para 2010!


Se bem que também é verdade que pouco resultado prático teria o manifesto da nossa preocupação na busca das melhores soluções para um equitativo OE!
Com o dinheiro a ser gerido sempre no intuito de favorecer os mesmos, os mais privilegiados, os que estão na roda do Poder, e o princípio de que Cidadãos de Primeira somos todos nós, a ser constantemente menosprezado, para não dizer desprezado!...

Posted by Picasa

4 comentários:

as-nunes disse...

E a verdade é que, independentemente de haver muitas injustiças e muitas aldrabices de quem devia dar o exemplo, não podemos ser egoístas e desatarmos para aqui a organizarmo-nos em regimentos por classes profissionais, por públicos e privados, por licenciados e não licenciados etc etc etc

Penso que o momento é de tentarmos manter a calma. Reconheço que não é fácil, mas doutro modo não vamos a lado nenhum.

Pede-se aos políticos que se empenhem com esmero e contenção na governação da coisa pública e ao PR que olhe por nós, que estamos fora dos bastidores onde se fazem manobras arriscadas! Não vá alguém ferir-se com gravidade!
Claro, lá teríamos o Povo a ter que lamber as feridas!?....

Manuela Freitas disse...

Olá,
De facto o evento mais importante e que vai pôr as pessoas em «polvorosa» vai ser o futebol, eu não sou futeboleira, mas está-se mesmo a ver, conhecendo como conhecemos as gentes! E isto é censurável? Não foram educados dentro dos vectores: Fado, Fátima e futebol? Isto depois passa no sangue para os mais novos.rsrsrsrs...
Quanto ao OE, que adiante acompanhar, ele é cozinhado à maneira deles e nós encolhenos os ombros!... O melhor é ir fazer uma caminhada ao sol e possivelmente pelo caminho dizer alguns palavrões para nós mesmos!...
Um grande abraço,
Manuela

arte por um canudo 2 disse...

Não há tristeza que nos apanhe..mesmo roubados as maiores preocupações ainda é o futebol assim como também seria fado e fátima. Faz parte da nossa tradição cultural. Foi o que nos incutiram ao longo de gerações. Aborrecimentos para quê?

Vieira Calado disse...

Pois é... meu caro!

Está tudo dito!

Forte abraço