2012/04/17

Euro Estádio de Leiria: uma gestão imprópria e um desperdício

Castelo de Leiria, lado poente.
Aqui em baixo, mesmo ao lado do fotógrafo, um outro monumento, mas este, à falta de visão de quem tinha a obrigação de fazer contas dos dinheiros públicos!...O Estádio Dr. Magalhães Pessoa, o do EURO 2004.
Pois...mesmo juntinho ao Estádio da bancarrota municipal de Leiria...
As bancadas VIP, cadeiras estofadas a rigor, também ao rigor do tempo, a degradarem-se, algumas já estão a ficar rotas, cheias de teias de aranha, pó... Tudo muito naturalmente!
Um Estádio a pensar no Futuro ou só no(s) Euro(s)?

Os iniciados, Seleção Distrital de Leiria, a começarem um treino. O mais caricato, no meio de toda esta trapalhada, é que o relvado está que nem um brinco, tratado a rigor!
Estive ontem no Estádio Dr. Magalhães Pessoa (o do Euro 2004). Uma fortuna colossal que aquele estádio custou. A Câmara Municipal de Leiria, ou seja, os munícipes leirienses, ficaram com uma dívida incomportável, às costas. Para várias gerações. Nem sei mesmo se a conseguiremos pagar.

Para a gestão da sua manutenção e das atividades com ele relacionadas, foi criada uma EM, Empresa Municipal (Leirisport), que foi um maná para uma quantidade infinda de administradores (normalmente amigos das gentes do poder político local e nacional, claro está) que, à partida, sabiam que não tinham possibilidades de alterar o rumo irreprimível para o abismo financeiro daquele empreendimento público.
Os anos passam e a dívida aumenta. 
A UDL - União Desportiva de Leiria (SAD), que ficou com o privilégio de utilizar aquelas instalações a preço zero (bem se pode dizer assim, que toda a gente sabia, de antemão, que jamais a factura que a Leirisport lhe passava, seria paga).

Entretanto, o futebol profissional da UDL entrou num declínio profundo. O Presidente da SAD, João Bartolomeu, demitiu-se, os jogadores profissionais fazem greve aos treinos. O que vai ser da equipa de futebol representativa de Leiria? Uma incógnita. 
(aliás, até convém ressalvar que a UDL-futebol profissional, nem sequer já treina e joga em Leiria, vai para 2 anos!...mudou-se para a Marinha Grande, como bem se sabe!).


Lamentavelmente, os problemas relacionados com a utilização e destino a dar a este fantástico estádio, tão fantástico como megalómano, disso todos nós temos a culpa, embandeirámos em arco com a festa do Euro 2004, avolumam-se assustadoramente.
E aqui estamos com um problema de todo o tamanho para resolver. 
Só que as soluções tardam... e não se vislumbra qualquer luz ao fundo do túnel. 

Ontem houve treino dos iniciados para a Seleção Distrital. Lá estavam miúdos do UDL, Marrazes, Caldas, Alcobacense, Nazaré, não sei de que mais equipas. 
O meu neto lá anda, como os seus colegas, todos expectantes. Veja-se só, a treinarem num dos melhores estádios portugueses e até da Europa! Nem sei como, até porque os treinos têm de ser a horas em que já é necessária iluminação artificial. Repare-se nos holofotes que foram ligados. Constituem uma pequena amostra da intensidade de luz que pode ser usada naquele fantasmagórico estádio.

Não defraudem as esperanças dos miúdos, rapaziada de 1989!
Será que não se conseguem encontrar soluções para tão candente problema, não só financeiro, como desportivo?

Será que se vai concluir pelo irremediável, que será, como já se aventou a hipótese, fazer implodir toda aquela infraestrutura, a fim de impedir que a dívida aumente, cada dia que passa?!...

@as-nunes

8 comentários:

Rogério Pereira disse...

Sem comentários...

Isa GT disse...

Pior é o BPN, continuamos a enterrar dinheiro, fica a fama que vai ser vendido, afinal por menos do que se meteu lá há menos de um ano... é preciso arte para enterrar um país... agora implodir qualquer coisa... nem imagino a conta no final... da remoção dos destroços, limpeza da poeira, transportes da comissão de inquérito, processo no tribunal para processar desconhecido... arte... só arte de como gastar dinheiro... que é dos outros ;)

Bjos

as-nunes disse...

Sim, Rogério, que eu, com a gana com que ataco certos problemas, só me dá vontade de atirar a torto e a direito.
Claro que não o faço, não vá tingir alguém que não tem nada a ver com o assunto, e então lá temos que invocar que os danos colaterais no meio de uma refrega, são inevitáveis.

O cerne destas questões é sempre o mesmo. Onde estão os responsáveis por decisões que implicam gastos desproporcionados dos dinheiros públicos?
Havia que os chamar à pedra! Mas não, há sempre um ou mais capotes suficientemente grandes para tapar do frio enregelador que, caso contrário, atacaria inapelavelmente certos chico-espertos, muito mais espertos que o pacôncio do Zé, que só serve para pagar as facturas!

as-nunes disse...

Bem, Isa, vamos de mal a pior. Essa do BPN é outra que tal.

Tantos milhões de milhões e é como se tivesse passado a coisa mais natural do mundo.

Bjos

Rui Pascoal disse...

Foi bonita a festa...

as-nunes disse...

Sem dúvida, Rui, se estivermos a pensar na festa que foi o movimento e colorido em Leiria, por altura dos dois jogos, um do Euro e outro de preparação entre seleções, que aqui se realizaram, foi bonita, sim senhor.
O problema é que para haver aqueles momentos fugazes de festa, agora andamos a pagar as favas ao dono!

as-nunes disse...

Também tem razão, outra dose, é que os miúdos, ao menos eles, gozam e vão gozar bem aquele belo relvado.

Vieram dos balneários de boca aberta: o jaccuzi, sauna, ginásio... claro estavam ao abandono, mas deu para perceberem que se conseguirem chegarem ao topo da carreira
(atenção malta, aquilo é só para uns quantos, os que têm uma estrelinha que os acompanha para todo o lado, só para esses!... tenham calma, não comecem já a fazer castelos na areia!...)
podem vir a ter vidas à Ronaldo, Messi e outros.

Calma.
É como se vos sair a Taluda na lotaria!

as-nunes disse...

Jose calado vieiracalado@gmail.com
02:55 (há 8 horas)

para mim
Olá, boa noite!

Já há uns tempos que não consigo comentar em certos blogs,

Há uma aplicação (jogo) que eu não pedi, e que aparece no sítio onde devo clicar para fazer seguir o comentário. Tenho de socorrer-me deste meio ((há quem não o tenha à vista), para dizer que passei, com muito gosto, no seu blog.

O meu comentário seria:
A mania das grandezas..
-----
Caros amigos

Se alguém souber da forma de ultrapassar situações como estas, agradecia que deixasse aqui a informação.
Obrigado.


AS minhas cordiais saudações.

http://vieiracalado-poesia.blogspot.com