2017/02/01

Eu como reflexo do meu avô materno




Há dias,
Fátima, Santuário
Paz, aparente ou não, Paz
Amém
...
A minha mãe olha-me e diz
como és parecido com o teu avô
não diz expressamente - o meu pai -
eu já sei que é a ele que se refere
não tenho nenhuma foto desse meu avô
pelos vistos não será preciso
a minha serve...
olho-me nesta foto
como estou a ficar parecido
com a minha mãe
os sinais na cara são os dela
os olhos não, esses são do
meu avô...
Gostava de te ter conhecido avô
só me lembro do ambiente
soturno e melancólico
do dia em que tu morreste...
mais nada ...

fev2016
as-nunes

--------
nota:
O meu avô materno chamava-se Aurélio Gonçalves, segundo está a deixar escrito o meu pai.




2 comentários:

Rui disse...

:( ... Nem uma foto ? ... :(( ... É pena não ter havido essa possibilidade !
Os meus netos ainda têm a possibilidade de poder ver 5 gerações . Desde os meus avós, até eles ! :)

Abraço ! :)

as-nunes disse...

Caríssimo Rui

É assim a vida. À volta disto tudo anda uma história muito interessante e ao mesmo tempo, algo intrigante.
Mas, enfim...

Um abraço, obgdo pela visita