2007/04/17

Em Covelas - Ribafeita

Covelas é uma das aldeias que fazem parte da freguesia de Ribafeita, entre Viseu e S. Pedro do Sul. Há uns meses atrás deixei uma nota neste blogue sobre o grande médico e escritor, Samuel Maia, que, no seu livro "Mudança d´Ares", ed. de 1916, descreve magistralmente toda esta zona. No trajecto do Rio Vouga, que se vê numa das fotos, ainda hoje existem as poldras a que Samuel Maia se refere naquele seu livro. A narrativa tem a ver com a travessia daquele rio dum grupo de amigos, a cavalo. Há um que escorrega nessas poldras e cavalo e cavaleiro caem à água. Risota geral, que se prolongou do outro lado do rio, e começo da íngreme subida representada pelas encostas quase a pique, sobre o Vouga.
Castanheiros, na ligação entre a Igreja paroquial de N. Sra. das Neves e Covelas

A capela da Sra. dos Remédios.


Já perto de Covelas, vista do Rio Vouga a serpentear no meio de bosques e penedos, por entre serras e montes...



A "Rua do Volta atrás" em plena aldeia de Covelas. A verdade é que, chegando-se a Covelas, só há uma saída: dar meia volta e regressar pelo mesmo caminho.

O silêncio de paz quase mítico da região alcandorada nos contrafortes destas ravinas escavadas em socalcos, ainda hoje aqui e ali cultivados e aproveitados para o pastoreio de ovelhas, empresta a este local uma sensação intensa de isolamento e de conformismo, que só quem estiver muito agarrado à terra e aos seus ares e olhares é que a conseguirá viver em permanência.
- Estamos a visitar a freguesia de Ribafeita. Já fomos ao Casal, a Ribafeita (zona da Igreja), agora Covelas.
Continuaremos proximamente com uma passagem por Lufinha
Posted by Picasa

8 comentários:

XRèis disse...

Como são lindas estas imagens.
Passei por aqui e Gostava de fazer o seu link, posso?

asn disse...

Claro, amigo.
Obrigado pela visita.

al cardoso disse...

Belas prespectivas, gostei da mencao da Rua do volta a tras, na minha aldeia tambem ha uma dessas!

Um abraco de amizade.

motormotor disse...

Não conheço mas confesso que fiquei com vontade de conhecer. Parabéns.

agostinho disse...

Como é bom ter um cicerone como o António!..Rua do volta atrás também existe algumas na minha freguesia e já aconteceram grandes encrencas por causa disso, do género entrar camiões e depois terem de vir de marcha-atrás.Fotos lindissimas de lugares que revelam um sossego e serenidade que muitos gostariam de ter. Obrigado António..os livros já chegaram. Fico em divida e um dia destes em Viseu pagarei o lanche.Um grande abraço

Alda M. Maia disse...

Não há mais fotografias?
Um abraço à toda a família

asn disse...

Mais fotografias, há-as, com fartura.
O problema está em conseguir gerir o tempo e a paciência dos leitores.
Um abraço de grande amizade
António

zuladairam disse...

Obrigada por partilhar as fotos que captam a ruralidade com o encanto que lhe é caracteristico ;)