2006/10/21

ENCARNAÇÃO

A lembrar-me da minha mãe Encarnação, agora com 82 anos de idade, lá para o Casal de Ribafeita, nas terras graníticas de Viseu
E do casamento da milha filha Inês com o Carlos
-
Há dias fui rever o Santuário de N. Sra. da Encarnação, em Leiria.


Diz a lenda que, em 11 de Julho de 1588, uma inválida de nome Susana Dias, foi levada àquela capela, onde iam à missa os Marqueses de Vila Real e muito povo, no altar de N.S. da Encarnação. No momento da Elevação a jovem sentiu-se pressionada por algo indefinível, levantou-se e começou a andar.

Este acontecimento veio renovar a fé em N.ª Sr.ª da Encarnação, o que levaria à construção de uma nova igreja.

É um santuário pequeno, com um corpo revestido a azulejos policromos de padrão seiscentista e pinturas votivas à Virgem e a S. Gabriel, feitos em pedra e colocados sobre a porta principal. No exterior a igreja foi dotada de um alpendre simples.

O bispo D.Fr. Miguel de Bulhões e Sousa mandou construir uma monumental escadaria, de 162 degraus, que lhe dá um aspecto imponente.


A beleza deste santuário é completada pelo diverso arvoredo que existe à sua volta e a vista sobre a cidade que se pode apreciar a partir daqui é uma experiência única.


(texto da lenda conforme site da “Região de Turismo Leiria-Fátima”)

Notas:

1)O Orago de Leiria é precisamente Nª Snra. Da Encarnação, cuja festa anual se celebra a 15 de Agosto.

2) Fotos de asn

8 comentários:

Jofre Alves disse...

Neste sábado ao som cadente da chuva que embala, visito as páginas que mais aprecio e cuja qualidade me atrai. Parabéns e bom fim-de-semana, pois aqui descanso os olhos no teu magnífico blogue.

Tozé Franco disse...

Obrigado por partilhar connosco as fotos e o texto.
Bom fim-de-semana.

Chanesco disse...

Caro António

A ver pelas excelentes fotogrfias quase se dispensava a descrição.

Saudações raianas e bom fim de semana

PS: Obrigado pela explicação exclarecedora que me deixou.

Arte por um Canudo 2 disse...

Bonita idade da mãe, António.Casal Ribafeita -Viseu para os meus lados. Linda descrição da lenda que deu origem ao santuário de Nª Senhora da Encarnação e excelente a forma como revelas o encanto desse santuário com essas lindissimas fotografias.Um abraço e boa semana.

al cardoso disse...

Ora aqui temos mais um motivo, para uma visita a sua cidade.

Saudacoes serranas.

Crepúsculo disse...

Agradeço-lhe a visita e o lúcido comentário.

Gostei do seu blog.

Tozé Franco disse...

Caríssimo António:
lendo o blogue do Moura ocorreu-me dar-lhe a seguinte sugestão: se quer umas boas tripas melhor que ir à Ribeira que está com muitos turistas e muita comida de plástico, é ir ao Ribeiro, mesmo no centro, junto oa Batalha que tem umas tripas divinais. O domo é fundador da Confraria das Tripas.
Um abraço.

asn disse...

Ena, ena tozé!
Pois então vamos a isso, na primeira oportunidade. Por acaso, a minha irmã Sildina, até vive no Porto, mas tenho lá ido tão raramente nos últimos tempos que até é uma pena!
Um abraço
António