2009/03/10

Necrópole tardo-medieval de S. Martinho - Leiria

28 Fevereiro 16h30
Conversas sobre Arqueologia... em Leiria
Conferência“A cidade em mudança: da Igreja de São Martinho à Praça Rodrigues Lobo”
Doutora Susana Garcia (Antropóloga, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Temas“A necrópole tardo-medieval de São Martinho. Contributo para a história de Leiria”
Dr.ª Iola Filipe (Arqueóloga, Era-Arqueologia, S.A.
-
Esta apresentação cultural, da iniciativa da Câmara Municipal de Leiria, realizou-se no Auditório da Biblioteca Municpal "Afonso Lopes Vieira" e teve uma assistência interessada e participativa. Como nem podia deixar de ser, dado que estavam presentes pessoas de reconhecido nível cultural e académico.
Já tinha ouvido e lido sobre a existência da Igreja de S. Martinho, em Leiria. Segundo se julga, ainda existem vestígios dos claustros dessa igreja em parte de uma das arcadas da actual Praça Rodrigues Lobo. Também não será descabido realçar que nessa Igreja existia um formosíssimo Sacrário Monolítico de mármore amarelo (*).
Estes temas acabaram por vir mais à ribalta do conhecimento público, após se terem descoberto esqueletos humanos e sepulturas numa pequena área daquela Praça, que, em 2000, ficou a descoberto, após a abertura de uma vala para requalificação do saneamento da cidade.
Foram apresentados slides das fotografias então tiradas e de composições fotográficas que nos permitiram observar o quão importante foi aquele reconhecimento e posterior estudo arqueológico e antropológico.

Nesta sessão, para além de se abordar a questão da existência da Igreja de S. Martinho (séc XII/III) na zona próxima da actual Praça Rodrigues Lobo, posteriormente derrubada, por uma questão de troca de terrenos, a fim de a Igreja tomar posse “do edifício das “Casas da Câmara” que estava no sítio onde depois se construiu o Paço Episcopal, já fora do Castelo Velho”(2)(3) também se apresentou o resultado das escavações arqueológicas ali havidas por alturas da abertura de valas para a modernização do saneamento da cidade, ano 2000. Como se previa e constava de documentos escritos, nessa zona, que é hoje a Praça Rodrigues Lobo, havia uma necrópole, conforme imensos vestígios encontrados somente na zona da vala de saneamento. Pode observar-se nas imagens agora apresentadas (resultado do trabalho e investigação dos técnicos da empresa ERA) um esqueleto em muito bom estado de conservação. Os estudos antropológicos entretanto levados a cabo permitiram concluir com grande probabilidade de aproximação, que pertenciam a habitantes de Leiria da Idade Média Alta.
D. Frei Brás de Barros terá sido o Bispo que negociou a demolição da Igreja de S. Martinho.
Outro pormenor referido foi o de que por volta desta área restrita terá existido também uma Capela, a da Graça, que terá originado o nome da Rua da Graça, que liga a actual Praça Rodrigues Lobo ao Largo Marechal Gomes da Costa, onde foi colocada a estátua de Afonso Lopes Vieira precisamente no local onde terá nascido este ilustre poeta Leiriense.

(2) Realçado a azul; Anais do Município de Leiria - vol III – João Cabral, pág. 37
(3) Este edifício será no sítio onde hoje está instalado o Comando da PSP de Leiria. Anteriormente tinha também servido para lá instalar o RAL4.
(*) Mais informação (talvez obtida por transmissão oral de geração em geração) pode ser obtida neste endereço aqui.
Posted by Picasa

3 comentários:

Isa disse...

Muito interessante!
Aprecio a "descoberta do antigo".
Gosto de saber. Estamos sempre a aprender!
Abraço.
isa.

Vieira Calado disse...

Olá, amigo!

Muita coisa há a descobrir e a saber, neste país que é o nosso!

Um abraço

Anónimo disse...

unlock iphone 4
how to unlock iphone 4


unlock iphone 4 how to unlock iphone 4 unlock iphone 4
unlock iphone 4

how to unlock iphone 4 unlock iphone 4 [url=http://theunlockiphone4.com]unlock iphone 4 [/url] unlock iphone 4