2009/03/30

Choupos em Leiria - Rio Lis



Choupo negro ou Populus nigra, na margem direita do Rio Lis em Leiria, junto à ponte do Arrabalde. Passeio pedonal muito utilizado pela população. Uma das áreas da cidade preferidas para se fazer marcha, corrida e ciclismo (nalguns troços com as devidas cautelas dada que a via é a mesma). Óptima também para passear com a família.
A mancha verde da cidade de Leiria está instalada fundamentalmente ao longo do Rio Lis, na encosta do Castelo, no Jardim Luís de Camões, na Praça da República (pinheiros mansos), nas instalações ajardinadas do Seminário Diocesano de Leiria (dotado de um autêntico jardim botânico e com bastantes árvores, particularmente choupos e tílias), em terrenos pertencentes à Prisão Escola de Leiria (pinheiro), quintas particulares e antigas (em vias de extinção?) designadamente a Quinta de S. Venâncio com a sua frondosa e antiga alameda de plátanos e ao longo das avenidas principais (Av. Marquês de Pombal, Av. 25 de Abril, Av. Dr. Sá Carneiro(*) - grevillea robusta e ameixoeiras de jardim, Av. Dr. Adelino Amaro da Costa(*) - Grevillea robusta e Jacarandá, Av. 22 de Maio(**) - Grevillea robusta e Jacarandá).
-
(*) Respectivamente Primeiro Ministro e Ministro da Defesa Nacional de Portugal, mortos na explosão e queda dum avião civil (avioneta) ao levantar voo do aeroporto da Portela em 1980 (ainda hoje não se conhecem os contornos deste acidente, aventando-se várias hipóteses, incluindo a de atentado).
(**) Evocativa do dia do Município de Leiria. Esta avenida segue da rotunda do Arrabalde d´Aquem até à rotunda das Almoinhas e é a continuação da Av. Adelino Amaro da Costa, que vem desde a Rodunda das Indústrias, ao início da Av. Sá Carneiro.
Posted by Picasa

3 comentários:

Mariazita disse...

Caro António
Óptima descrição da "mancha verde" de Leiria.
Todas as cidades deveriam ser assim, com essa quantidade enorme de árvores, mas nem todos os municípios têm essa preocupação.
As imagens sugerem uma grande calma e vontade de passear.

Obrigada pelo comentário deixado na minha "Casa".
Fez-me bem lê-lo; eu estava um pouco decepcionada por ver que alguns visitantes não tinham entendido a "mensagem".
Mas...acontece. Nem sempre alcançamos os nossos objectivos.

Mais um Obrigada e boa semana.

Beijinhos
Mariazita

Maria Teresa Lopes disse...

Cheguei aqui através da Teia. Achei lindo o poema que escolheu para o dia 2 de Abril... e achei interessantes estas fotos, já que tinha acabado de colocar um artigo sobre os meus rios...

Voltarei
Um abraço

marcilio Domingos Gama disse...

Lendo a Biblia no texto sagrado encontrei uma palavra que não conhecia:"choupo" e fui pesquisar a palavra e encontrei que era uma bela árvore, que no Brasil nao sei se existe. Por isso, se for possível gostaria que me eviasse sementes, ficarei eternamente grato. Meu e-mail revmarciliogama@bol.com.br.
Endereço:Rua Quininha Mattoso,60-Centro-Gravatá-PE-Brasil-CEP:55.641-105.